Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  4,05 MB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  Marca de fogo: o medo dos quilombos e a construção da hegemonia escravista (Minas Gerais, 1699 - 1769)
Autor:  
  Pablo Luiz de Oliveira Lima   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  UFMG/HISTÓRIA
Área Conhecimento  
  HISTÓRIA
Nível  
  Doutorado
Ano da Tese  
  2008
Acessos:  
  1.449
Resumo  
  Esta tese analisa a história do medo registrado pelas autoridades em relação à rebeldia escrava e aos quilombos nas Minas Gerais durante o século XVIII. O estudo sustenta-se em fontes que representam o medo como fenômeno cultural; principalmente a correspondência entre autoridades do aparato colonizador português; a legislação; cartaspatente; além de algumas obras iconográficas. Partindo de uma revisão crítica da historiografia sobre a resistência escrava nas Minas setecentistas; a pesquisa realizou uma releitura documental focada no tema do medo. Os resultados revelam aspectos das formas de comunicação social que embasam o conhecimento sobre conspirações escravas; quilombos; organizações e expedições repressivas; além de combates violentos entre quilombolas e agentes coloniais no período estudado. Evidencia-se também a função das representações culturais do medo e dos estereótipos sobre os escravos na construção da hegemonia escravista sobre a sociedade mineira.
     
    Baixar arquivo