Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  4.63 MB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  A arquitetura das casas-grandes remanescentes dos engenhos de açúcar no Rio de Janeiro setecentista
Autor:  
  Maria Paula Van Biene   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  UFRJ/ARTES VISUAIS
Área Conhecimento  
  ARTES
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2007
Acessos:  
  3,808
Resumo  
  A arquitetura das casas-grandes remanescentes dos engenhos de açúcar no Rio de Janeiro setecentista O objetivo deste estudo é realizar uma análise da arquitetura das casasgrandes; sedes dos antigos engenhos de açúcar do Rio de Janeiro setecentista; identificando em seus contextos espaços-temporais; os significados culturais constitutivos de suas características formais e espaciais. Baseados na premissa de que uma arquitetura pode ser entendida como uma criação histórica; em que pese o individuo como sujeito e o tempo e o espaço como elementos condicionantes; entendemos que o significado e a importância dessa arquitetura se desvela na relação com o seu próprio contexto histórico-cultural e; para tanto; adotamos uma leitura interdisciplinar; articulando os conceitos de arquitetura e de cultura. A inexistência de uma ampla e sistematizada documentação; textual e iconográfica; referente a essa arquitetura; fez da possibilidade da análise direta das casas a mais importante fonte de pesquisa e informação. Portanto; escolhemos como objetos de estudo; as casas da Fazenda do Viegas; em Senador Camara; da Fazenda do Engenho D’Água; em Jacarepaguá; da Fazenda da Taquara; também em Jacarepaguá; da Fazenda do Capão do Bispo; em Del Castilho e da Fazenda de Colubandê; no Município de São Gonçalo; RJ. Essas casas são exemplares remanescentes da arquitetura rural do século XVIII; sedes dos antigos engenhos de açúcar na região; tombadas pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e que ainda preservam muitas de suas características originais.
     
    Baixar arquivo