Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  1.79 MB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  Detecção e caracterização molecular de vírus associados com gastrenterite aguda em crianças menores de três anos de idade na cidade de Salvador - Bahia
Autor:  
  Maria da Penha Trindade Pinheiro Xavier   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  UFF/CIÊNCIAS MÉDICAS
Área Conhecimento  
  MEDICINA
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2008
Acessos:  
  724
Resumo  
  Estudos baseados em comunidades fornecem informações que representam geograficamente o perfil das doenças diarréicas infantil. Entretanto; nos países em desenvolvimento; são poucos os estudos que relatam a circulação das principais viroses gastrentéricas em uma mesma comunidade. Este estudo apresenta os dados da investigaçao da freqüência da infecção dos norovírus e sapovirus em crianças com gastrenterite aguda participantes de um estudo longitudinal em comunidades carentes da cidade de Salvador; BA; Brasil. A caracterização molecular de outros vírus entéricos previamente detectados nesta mesma população também foi realizada. Este estudo representa a continuidade de um projeto anterior desenhado para estabelecer o perfil dos patógenos entéricos mais prevalentes nessas comunidades. Neste estudo; 139 amostras fecais coletadas no período de julho de 2001 a janeiro de 2002 foram analisadas por RT-PCR usando inicialmente um conjunto de oligonucleotídeos para detecção de calicivirus humanos (norovirus e sapovirus) e um específico para norovirus. Sete amostras (5;0%) foram positivas para calicivirus e 11 amostras (7;9%) para norovirus. Uma amostra foi caracterizada como SaV e sete amostras como norovirus do genogrupo GII; por seqüenciamento de nucleotideos. A caracterização molecular do rotavírus do grupo A (RV-A) e astrovírus (HAstV); previamente detectados; revelou a circulação do RV-A genótipos G1P[8] e G9P[8] e HAstV genótipos 6; 7 e 8. Não foram observadas infecções mistas. Estes achados apontam para a grande diversidade dos genótipos dos mais importantes vírus associados às gastrenterites agudas circulando em comunidades carentes.
     
    Baixar arquivo