Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  1.13 MB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  Gestão estratégica de programas: eficiência, eficácia, efetividade e aprendizado contínuo como critérios de avaliação do plano plurianual
Autor:  
  Rubem Pinto de Melo   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  UNIR/ADMINISTRAÇÃO
Área Conhecimento  
  ADMINISTRAÇÃO
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2008
Acessos:  
  1,108
Resumo  
  As reformas gerenciais da administração pública têm sido empreendidas no sentido de assegurar mecanismos que possibilitem maior efetividade; eficácia e eficiência na gestão dos recursos públicos. Nesse sentido; o sistema integrado de planejamento e orçamento introduziu na administração pública brasileira; a partir do PPA 2000/2003 – Programa Avança Brasil; um ciclo de gestão que integra as atividades de planejamento; monitoramento; avaliação e revisão dos programas e do Plano Plurianual; junto com uma cultura de controles gerencias e de avaliação nas três dimensões da ação governamental; a eficiência; a eficácia e a efetividade. Agrega-se a esses princípios o aprendizado contínuo força motriz do ciclo de gestão do PPA. A premissa fundamental desta dissertação é que a orientação da gestão pública pelos princípios da eficiência; eficácia e efetividade; declarada vivamente no estágio de planejamento; além do aprendizado contínuo - inerente ao modelo utilizado; não se materializa nas demais etapas do ciclo de gestão do Plano Plurianual; sendo de difícil identificação nos resultados apresentados nos relatórios anuais de avaliação. Dessa forma; o objetivo principal da pesquisa é investigar se no sistema integrado de planejamento e orçamento federal os programas e a gestão do Plano Plurianual são avaliados segundo critérios de eficiência; eficácia; efetividade e aprendizado contínuo de forma a demonstrar e quantificar os resultados sociais da ação governamental. Quanto à metodologia a pesquisa classifica-se como exploratória; descritiva; metodológica e aplicada. Sua abordagem é qualitativa; utilizando fundamentalmente as técnicas de pesquisa bibliográfica e documental para a obtenção dos dados. O tratamento; a apresentação e a análise dos dados foram feitos utilizando a técnica de Análise de Conteúdo – AC. No desenvolvimento da pesquisa foi possível colecionar elementos que; embora enriquecedores; ultrapassaram os objetivos iniciais. Optou-se; então; por não descartar esses achados; incorporando-os ao estudo como uma contribuição adicional relatada na forma de apêndice. Essa contribuição consiste na formulação de um modelo de gestão estratégica baseado na integração da metodologia do atual sistema de planejamento e orçamento governamental com o balanced scorecard (BSC) - tecnologia de gestão que objetiva traduzir a estratégia em ação – constituindo-se em fator de inovação do processo de avaliação e gerenciamento dos programas públicos. Esta inovação corresponde à sinergia dos conceitos de aprendizado contínuo; eficiência; eficácia e efetividade com os objetivos dos programas; a orientação estratégica da organização pública e as demandas sociais. Em decorrência disso; a pesquisa foi dividida em duas partes: a identificação da presença (ou ausência) dos conceitos de efetividade; eficácia; eficiência e aprendizado contínuo na avaliação dos programas do PPA 2004/2007 e a construção de modelo de gestão estratégica de programas. Para a primeira parte foram coletados dados em documentos oficiais e administrativos. O resultado da Análise de Conteúdo corroborou a premissa inicial revelando uma presença irregular e inconsistente dos conceitos pesquisados no Relatório Anual de Avaliação do PPA – exercício 2007; ano base 2006. Por outro lado; a tecnologia do balanced scorecard demonstrou ser compatível com o sistema de planejamento e orçamento do Governo Federal; resultando em um gabarito de Mapa Estratégico e balanced scorecard aplicável na gestão dos programas públicos.
     
    Baixar arquivo