Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  7.39 MB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  Análise cladística dos Caudofoveata (Mollusca) e taxonomia das espécies brasileiras
Autor:  
  Inês Xavier Martins   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  UFPB/J.P./CIÊNCIAS BIOLÓGICAS (ZOOLOGIA)
Área Conhecimento  
  ZOOLOGIA
Nível  
  Doutorado
Ano da Tese  
  2008
Acessos:  
  3,025
Resumo  
  Caudofoveata são moluscos sem concha; de 2-140mm de comprimento; corpo vermiforme; cutícula quitinosa e escamas de aragonita; marinhos de sedimentos moles; alimentam-se de foraminíferos e matéria em decomposição; possuem um escudo oral na região anterior e a cavidade palial tem um par de brânquias. O táxon abrange mais de 100 espécies; 15 gêneros e 4 famílias. No Brasil são mencionadas três espécies; porém esse registro é impressivo. A posição sistemática e monofilia; bem como as condições plesiomórficas e apomórficas dos caracteres de Aplacophora têm sido assunto de longos debates. O presente estudo descreve as espécies de caudofoveados na costa brasileira; bem como propôe uma filogenia para as famílias baseada na morfologia dos quinze gêneros. Este estudo revelou que os animais coletados na costa do Brasil pertencem às famílias Chaetodermatidae e Prochaetodermatidae. São propostas quatro novas espécies; pertencentes ao gênero Chaetoderma; Falcidens e Lepoderma e Prochaetoderma. Foram selecionados 23 caracteres e o resultado obtido aponta dois grupos distintos: um clado composto por todos os sete gêneros Prochaetodermatidae; confirmando a monofilia da família; e outro grupo que inclui os representantes de Chaetodermatidae; Limissoforidae e Scutopodidae. As relações dos táxons terminais de Prochatodermatidae ainda precisam ser resolvidas.
     
    Baixar arquivo