Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  1.16 MB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  O turismo como fator de Desenvolvimento Regional: o caso de Gramado e Canela/RS
Autor:  
  André Volkart Vaccari   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  UNISC/DESENVOLVIMENTO REGIONAL
Área Conhecimento  
  PLANEJAMENTO URBANO E REGIONAL
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2006
Acessos:  
  341
Resumo  
  O presente trabalho desenvolve uma análise do papel do turismo nos municípios de Gramado e Canela; como fator de desenvolvimento regional e as estratégias para a sua revitalização. Inseridos na Região das Hortênsias; localizada na Encosta Superior do Planalto Meridional no Estado do Rio Grande do Sul; os municípios de Canela e Gramado constituem um dos mais importantes pólos do turismo gaúcho; totalizando mais de 60 mil habitantes; que têm na atividade turística a sua principal fonte de renda. Com um número aproximado de 150 hotéis; com mais de 10 mil leitos; e 146 estabelecimentos gastronômicos; os municípios possuem dezenas de atrativos turísticos e eventos que atraem turistas de diversas regiões do país e do exterior. Neste trabalho investigamos a condução da atividade turística na região; pelos órgãos públicos e setor privado; com ênfase na revitalização da atividade a partir do turismo rural; como estratégia de oferta complementar ao modelo já existente nos dois municípios; e/ou da instalação de um aeroporto regional; como estratégia de dinamização do setor e aumento do fluxo de visitantes. Os dados coletados mostram que a Região das Hortênsias ainda enfrenta grandes dificuldades para propor ações a partir de um projeto de desenvolvimento elaborado em nível regional; que reflita os anseios e as necessidades; tanto da população em geral; quanto das entidades públicas e privadas. A sustentabilidade de algumas regiões; que têm no turismo sua opção de desenvolvimento; necessita de um planejamento estratégico que seja constantemente revisado; para que os objetivos propostos sejam atingidos.
     
    Baixar arquivo