Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  720.06 KB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  O significado da experiência dos primeiros atendimentos clínicos para os estagiários de um curso de psicologia de uma universidade particular na cidade de São Paulo
Autor:  
  Rita Helena Cucê Nobre Gabriades   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  PUC/SP/PSICOLOGIA (PSICOLOGIA CLÍNICA)
Área Conhecimento  
  PSICOLOGIA
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2008
Acessos:  
  3,373
Resumo  
  Iniciou-se esse trabalho a partir da experiência profissional do pesquisador como professora universitária no curso de Psicologia e que acompanha há vários anos estagiários no inicio da prática clinica; trazendo à luz a possibilidade de refletirmos sobre o ritual de passagem dos primeiros atendimentos clínicos; e que abraça ser psicólogo com profissão. O trabalho consiste em evidenciar o significado dessa experiência de estagiários iniciantes em atendimentos clínicos. O método teve a perspectiva fenomenológica; visando destacar os sentimentos relacionados ao inicio da prática clínica como participante do contexto histórico-político-social em que vive. Destacando o processo de formação contínua do estagiário no discurso de suas percepções desta vivência. Foram entrevistados quatro estagiários-terapeutas de um Centro de Psicologia Aplicada de uma universidade particular da cidade de São Paulo; que freqüentavam o 4º e o 5º ano do curso de Psicologia; atendendo pela primeira vez os usuários do Serviço - Escola. O estudo focaliza a complexidade dos recursos utilizados pelos estagiários para vivenciar o ritual de passagem e a importância do refletir sobre essa entrada na profissão. A importância no pensar o psicólogo e a formação como agentes compromissados com a realidade social. No plano individual pôde-se notar a influência de modelos dos supervisores e professores como respaldo para enfrentar esse momento
     
    Baixar arquivo