Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  14.97 MB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  A arquitetura do lugar na segunda metade do século XX: os casos da Europa latina e do Brasil
Autor:  
  Mário Eduardo Pereira de Araújo   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  UNB/ARQUITETURA E URBANISMO
Área Conhecimento  
  ARQUITETURA E URBANISMO
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2008
Acessos:  
  1,879
Resumo  
  Os conceitos acerca da universalidade arquitetônica da primeira metade do século passado fazem surgir; logo após o segundo pós-guerra europeu; diferentes abordagens por parte de arquitetos intencionados em promover uma relação empírica com o lugar; sua história e a releitura da linguagem vernácula outrora praticada. Diversas vertentes surgiram; das neo-historicistas; preocupadas em refutar pura e simplesmente o movimento moderno resgatando o passado; até as abordagens regionalistas; que buscavam um equilíbrio entre o universal e o particular; o velho e o novo; o vernacular e o ‘moderno’. Arquitetos da Europa Latina como Rafael Moneo; Giancarlo de Carlo; Eduardo Souto de Moura dentre outros; são exemplos desta prática que adota os avanços da técnica construtiva sem deixar de afirmar o lugar e seu contexto. No Brasil; o que seria; a princípio; universal vem como uma das maiores afirmações do local no modernismo do século XX: o edifício para o antigo Ministério da Educação e Saúde Pública; atual Palácio Gustavo Capanema; no Rio de Janeiro. E numa linguagem pós-moderna e singular; o arquiteto mineiro Éolo Maia é o exemplo; neste trabalho; das manifestações do lugar; sendo o antigo Centro de Apoio Turístico Tancredo Neves; uma das suas obras de maior expressão regionalista. O primeiro citado pertence à primeira metade do século XX; e o segundo à metade posterior; e os dois são; respectivamente; importantes marcos de seus respectivos períodos. Os conceitos aqui tratados são de grande importância para o entendimento do processo de consolidação das idéias colocadas na segunda metade do último século; nos diferentes contextos da Europa e América Latinas.
     
    Baixar arquivo