Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  456.92 KB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  Competência leitora e ensino de geografia
Autor:  
  Maria Aparecida Dos Santos Moutinho   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  UNESP/PP/EDUCAÇÃO
Área Conhecimento  
  EDUCAÇÃO
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2008
Acessos:  
  849
Resumo  
  Esta pesquisa objetiva a identificação das práticas de leitura usadas nas aulas de Geografia e das dificuldades de leitura apresentadas pelos alunos; além de verificar como os docentes desta disciplina vêm incorporando as habilidades de leitura avaliadas pelo Sistema de Avaliação de Rendimento Escolar do Estado de São Paulo (SARESP) em suas práticas na sala de aula. Para isto propus realizar uma pesquisa de abordagem qualitativa; identificada com o Estudo de Caso. Na busca de uma maior compreensão do fenômeno estudado optei por realizar a triangulação de dados coletados através dos procedimentos mais comuns ao Estudo de Caso: a entrevista; a observação e a análise de documentos. Estes instrumentos foram precedidos de um questionário com a intenção de caracterizar os sujeitos da pesquisa. Os dados coletados são analisados em duas partes: a concepção de leitura dos professores sujeitos da pesquisa e a participação no cotidiano da escola. Os resultados revelaram que as práticas de leitura mais comuns nas aulas destes professores são: a leitura oral de trechos do texto pelos alunos; entremeada pela explicação do professor e a leitura silenciosa para a realização de atividades propostas pelos livros didáticos ou pelos professores. O material de leitura mais utilizado é o livro didático. A pesquisa apontou também que os professores se preocupam com a leitura e a identificam como algo importante no ensino de Geografia. Mas o que mais parece interferir no trabalho com a leitura é a ausência da aprendizagem das estratégias de leitura como meio para o aluno dominar as habilidades que levam à compreensão dos textos. Este fato gera o distanciamento entre o “discurso” do professor e a sua prática; tornando relevante o contato desses professores; na sua formação inicial e continuada; com o conhecimento sobre a leitura; que deve constar também das políticas públicas que se propõem resolver os problemas de leitura dos estudantes. Caso contrário; estaríamos praticando o “modismo” que logo será substituído. Palavras-chave: Ensino de Geografia. Competência Leitora. Avaliação. Práticas Educativas.
     
    Baixar arquivo