Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  578.73 KB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  Uso do Inventário do Ciclo de Vida como ferramenta auxiliar na tomada de decisões no sistema de gerenciamento de resíduos sólidos urbanos em São Luiz Gonzaga - Rio Grande do Sul
Autor:  
  Emitério da Rosa Neto   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [ea] Edição do Autor
Instituição:/Programa  
  UNISC?TECNOLOGIA AMBIENTAL
Área Conhecimento  
  ENGENHARIA SANITÁRIA
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2007
Acessos:  
  589
Resumo  
  A busca de uma sustentabilidade ambiental na área do gerenciamento de resíduos sólidos urbanos exige com que a tomada de decisões para tal atividade se faça, cada vez mais, baseada em técnicas/ferramentas que auxiliem no processo, fazendo com que todo o sistema seja otimizado, permitindo com isso, um menor custo para os municípios, bem como menos impacto ao meio ambiente. A busca dessa sustentabilidade deve envolver questões ambientais, sociais, econômicas e territoriais. Este trabalho apresenta os resultados obtidos através da aplicação do Inventário de Ciclo de Vida no sistema de gerenciamento de resíduos sólidos no município de São Luiz Gonzaga-RS, levando-se em conta todas as etapas do processo. A metodologia do Inventário de Ciclo de Vida, proposta pela ISO 14040, foi utilizada para avaliar as comparações ambientais do sistema atual de gerenciamento dos resíduos sólidos urbanos dessa cidade, utilizando o software Integrated Solid Waste (ISW) versão 2.5. Após todas as simulações realizadas no município de São Luiz Gonzaga, fica claro a importância do processo de reciclagem no sistema de gerenciamento, reduzindo a emissão de poluentes, bem como na economia de energia. No entanto, seu efeito positivo é encoberto pelo sistema de deposição final utilizado (lixão), que é o principal poluidor deste município. Através das simulações realizadas com cenários de tratamento biológico (compostagem) e reciclagem, os resultados obtidos reforçam a idéia de que estes processos são de grande valia para as municipalidades, auxiliando em tomadas de decisões dos sistemas de gerenciamento de resíduos sólidos urbanos. Isso contribui não apenas para o meio ambiente, mas para toda a melhoria da qualidade de vida da população que vê as cidades mais limpas, seus recursos naturais preservados e os recursos que seriam utilizados nessa atividade serem aplicados em outras áreas.
     
    Baixar arquivo