Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  1.01 MB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  Processo de inovação em micro empresas do arranjo produtivo local do agronegócio leite
Autor:  
  Dércio Bernardes de Souza   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  UNIR/ADMINISTRAÇÃO
Área Conhecimento  
  ADMINISTRAÇÃO
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2008
Acessos:  
  303
Resumo  
  O objetivo desta pesquisa é descrever o processo de inovação do arranjo produtivo local do agronegócio leite composto pelos municípios de Jaru; Ouro Preto do Oeste; Ji-Paraná; Presidente Médici; Rolim de Moura e Cacoal; visando identificar os municípios que apresentam micro empresas que mais inovam. Com base no referencial teórico eoschumpeteriano; o processo de inovação é compreendido como um sistema complexo e interativo em que participam diversos agentes com diferentes papéis. Dentro dessa visão; as inovações tornam-se complexas e cercado de incertezas e resultante do esforço de múltiplos agentes; cuja interação configura os mecanismos associados ao desenvolvimento de novos produtos e processos. O processo de inovação foi analisado através do conceito de arranjos produtivos locais; em virtude destes apresentarem concentração territorial de empresas e outros agentes; que em decorrência de interações entre si; mesmo que incipientemente; geram sinergias e externalidades que favorecem a dinâmica inovativa. Para a realização deste estudo; utilizou-se como método de pesquisa a abordagem qualitativa com enfoque descritivoexploratório; em que se se realizou a descrição deste processo com base no relatório e nos instrumentos de pesquisa primária utilizados no estudo para a Agência de Desenvolvimento da Amazônia - ADA; que delimitou e mapeou esse APL no ano de 2006. Os resultados revelaram que as micro empresas do arranjo apresentam um processo inovativo pouco estruturado com inovações incipientes em que a interação entre as empresas e os demais agentes necessitam de maior articulação para que possam desenvolver ações cooperativas e de aprendizagem na promovação de inovações. Os municípios com empresas que atribuíram maiores índices de importância para as dimensões aprendizado; cooperação e inovação foram Jaru; Ouro Preto do Oeste e Rolim de Moura. Por conseguinte; em decorrência das interações dessas dimensões; o município com empresas que mais inovaram no período analisado foi Rolim de Moura; seguido de Ouro Preto do Oeste e Jaru. No entanto; os índices desse processo e as taxas de inovação mostraram-se baixas; revelando a necessidade de políticas públicas setoriais que possam estar contribuindo na estruturação e articulação de ações voltadas para o desenvolvimento e sustentabilidade do processo inovativo para as micro empresas de todos os municípios do arranjo; principalmente em Presidente Médici e Ji-Paraná.
     
    Baixar arquivo