Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  1.14 MB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  Ambiente organizacional da cadeia produtiva do agronegócio leite no estado de Rondônia
Autor:  
  Moacyr Boris Rodrigues Maia   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  UNIR/ADMINISTRAÇÃO
Área Conhecimento  
  ADMINISTRAÇÃO
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2008
Acessos:  
  363
Resumo  
  Este estudo tem como objetivo avaliar a atuação de instituições que integram o ambiente organizacional da cadeia produtiva do agronegócio leite no Estado de Rondônia. O ambiente organizacional é entendido como a atuação de atores que desenvolvem estratégias; refletindo as regras do ambiente institucional que regulam a interação dos seres humanos na sociedade. Historicamente esta cadeia produtiva teve a sua estruturação alavancada pela iniciativa privada; a partir do processo de migração populacional; quando surgiram as propriedades rurais voltadas para o agronegócio leite; bem como as plataformas de industrialização. Reconhecendo a importância na geração de renda; o Estado em parceria com o setor privado implantou o Programa de Desenvolvimento da Pecuária Leiteira - PROLEITE. No entanto; a cadeia ainda; apresenta necessidades nos aspectos de educação; qualidade do leite; máquinas e equipamentos; organização social e comercialização. A partir da análise de estudos anteriores; observou-se reincidências em tais questões o que levou a investigar se as ações que foram planejadas e realizadas pelas instituições Embrapa/RO; SFA/RO; SEAPES; Idaron e Emater/RO estiveram voltadas às necessidades da cadeia produtiva do agronegócio Leite. Trata-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa e com procedimento metodológico descritivo e exploratório. A pesquisa foi realizada com coleta de dados nos documentos formais de gestão das citadas instituições; bem como; com entrevistas não-estruturadas. Os resultados mostram que a SEAPES é fomentadora das políticas públicas estaduais; a Embrapa desenvolve ações de pesquisa e desenvolvimento (P&D) e as instituições SFA/RO; Idaron e Emater/RO; executam as ações operacionais junto a cadeia do agronegócio leite; e que; no período 2004 a 2007; foram planejadas e executadas ações focadas nas necessidades apontadas; porém avalia-se como pouco estruturantes e não sistematizadas; o que pode ser uma conseqüência da forma de elaborar o planejamento; ainda dependente dos recursos orçamentários para definição de metas. Recomenda-se como continuação desta pesquisa; conhecer o reflexo das ações executadas por tais instituições nas empresas que compõe a cadeia.
     
    Baixar arquivo