Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  15.05 MB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  A importância da arquitetura vernacular e dos traçados históricos para a cidade contemporânea
Autor:  
  Marisa Barda   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  USP/ARQUITETURA E URBANISMO
Área Conhecimento  
  ARQUITETURA E URBANISMO
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2007
Acessos:  
  868
Resumo  
  Não é possível fazer uma avaliação do patrimônio histórico somente por meio de valores estéticos; o desenho e os símbolos da cidade também se tornam memória na medida em que adquirem uma dimensão coletiva: é necessário considerar a importância da edificação como característica de um processo de reconhecimento do lugar e não da capacidade do seu autor. A cidade resulta das relações que cada elemento estabelece com todos os outros; da existência de traçados históricos e de edificações capazes de manter e traduzir a memória histórica do lugar; também e principalmente com aqueles espaços imateriais; como os vazios urbanos; ou com edifícios industriais; pois eles marcam o território. Técnicas de expansão urbana foram substituídas – na Europa – por práticas de recuperação e remodelação fundamentadas na história; por meio de significados coletivos; intrínsecos e estratificados; ou seja; baseados nas tradições regionais e pertencentes à cultura popular. Esta se manifesta de modo muito diferente em cada região; em função de suas raízes; costumes e identidade. Para exemplificar esse fenômeno; foram selecionadas duas situações de recuperação arquitetônica em Milão que se desenvolvem em duas escalas de interferência urbana diferentes; considerando em ambos os casos os efeitos de “re-equilíbrio” e impacto no entorno; um edifício de arquitetura vernacular com fortes relações com o entorno; cuja localização é central; e uma área extensa de obsolescência industrial de forte impacto urbano localizada em área periférica.
     
    Baixar arquivo