Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  8.77 MB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  Avaliação reprodutiva e congelação de sêmen em serpentes
Autor:  
  Rogério Loesch Zacariotti   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  USP/REPRODUÇÃO ANIMAL
Área Conhecimento  
  MEDICINA VETERINÁRIA
Nível  
  Doutorado
Ano da Tese  
  2008
Acessos:  
  349
Resumo  
  Os répteis compõem hoje uma classe com mais de 8.000 espécies e em razão das restrições na importação desses animais; o risco na introdução de doenças exóticas; o crescente número de espécies ameaçadas no mundo; entre outros; a reprodução e a manutenção em cativeiro desses animais é muito importante. No Sul da Califórnia; que é considerado um Hotspot para a biodiversidade; a Zoological Society of San Diego mantém uma reserva ecológica com aproximadamente 400 hectares e formada por vegetação tipo Chaparral; Coastal Sage Scrub e áreas cobertas por cactos (Opuntia sp.). Durante o período de junho de 2005 a julho de 2006 foram capturadas 96 cascavéis das espécies Crotalus ruber ruber; C. oreganus helleri e C. mitchellii phyrrus; durante os trabalhos de campo pela procura visual limitada por tempo. Foram realizadas avaliações morfológicas e reprodutivas em todas essas serpentes capturadas. Nos machos realizou-se a colheita e avaliação de sêmen; incluindo duas colorações específicas para avaliar integridade de membrana espermática e do acrossoma. Nas fêmeas foi realizada a avaliação ultra-sonográfica dos ovários; com mensuração e contagem de folículos; além do diagnóstico de gestação. Para a C. ruber ruber; a serpente mais abundante neste estudo; foram observadas fêmeas prenhes no verão e vitelogênicas na primavera; outono e inverno. Apenas as fêmeas desta espécie com condição corporal boa ou muito boa apresentaram-se vitelogênicas ou prenhes. Nos machos dentre as características seminais avaliadas; não foi observada a diferença estatisticamente significante ao longo das estações do ano. Em paralelo a este estudo; também foram testados protocolos para a congelação de sêmen de serpentes; com a obtenção de resultados promissores; discutidos em capítulo específico. As informações obtidas neste estudo visam contribuir para a compreensão da biologia reprodutiva e conservação das serpentes; em cativeiro ou vida-livre.
     
    Baixar arquivo