Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  24.78 MB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  A arquitetura de Román Fresnedo Siri (1938-1971)
Autor:  
  Jamile Maria da Silva Weizenmann   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  UFRGS/ARQUITETURA
Área Conhecimento  
  ARQUITETURA E URBANISMO
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2008
Acessos:  
  993
Resumo  
  Este trabalho pretende contribuir para o estudo da arquitetura moderna através da análise interpretativa da obra do arquiteto uruguaio Román Fresnedo Siri. O recorte temporal da investigação; de 1938 a 1971 delimita o período de obras de reconhecimento nacional e internacional do arquiteto. Para isso; apresenta-se inicialmente a formação do arquiteto e o contexto histórico latino-americano do período abordado. A primeira parte da análise dos projetos envolve as obras datadas de 1938 e 1946 localizadas no Uruguai. Esta produção marca a gênese da obra de Fresnedo; ainda vinculada ao Art Déco. O segundo momento deste trabalho trata sobre a atuação do arquiteto em Porto Alegre; apresentando dois exemplares de excelência executados na década de 1950. Esta fase afirma o auge da sua produção arquitetônica vinculada às bases modernistas e à escola carioca brasileira. O período final; de 1956 a 1971; define a fase de internacionalização do arquiteto abrangendo projetos realizados em diversos países: Uruguai; Brasil e Estados Unidos. Fresnedo cria um estilo próprio; no qual se encontram temas recorrentes que são identificados e explanados ao longo do desenvolvimento do trabalho. Procura-se relacionar estas características à arquitetura moderna; bem como às vertentes uruguaia e brasileira da época; buscando comprovar a originalidade da obra Fresnedo dentro do quadro da arquitetura no século XX.
     
    Baixar arquivo