Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  899.71 KB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  Relações entre educação profissional e desenvolvimento local sustentável: um estudo no arranjo produtivo local de confecções do agreste pernambucano
Autor:  
  João Paulo de Aquino Cavalcante   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  FESP/UPE/GESTÃO DO DESENVOLVIMENTO LOCAL SUSTENTÁVEL
Área Conhecimento  
  ADMINISTRAÇÃO
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2008
Acessos:  
  1,187
Resumo  
  Esta pesquisa analisa as relações entre educação profissional e desenvolvimento local sustentável; com um estudo de caso no Arranjo Produtivo Local – APL de confecções do agreste pernambucano; compreendendo os municípios de Caruaru; Santa Cruz do Capibaribe e Toritama. Teve como objetivos conhecer as relações existentes entre a formação que é oferecida aos profissionais e a prática desses profissionais no APL; investigar de que forma as políticas públicas locais têm contribuído para o DLS no APL e identificar as facilidades e as dificuldades vivenciadas pelos profissionais e gestores locais para a implementação de políticas de desenvolvimento sustentável. A metodologia adotada se alicerçou nas abordagens qualitativa e quantitativa de pesquisa; com ênfase na pesquisa-ação; uma vez que se prevê uma intervenção na educação nos municípios que serviram de lócus. Apontam-se como principais resultados desta pesquisa: a necessidade de ampliação da oferta de vagas em cursos técnicos; a revisão dos projetos de curso; reforçando as questões relativas ao desenvolvimento local sustentável; a realização de atividades que aproximem os empreendimentos das escolas de educação profissional; buscando a desmistificação da relação custos versus benefícios a serem gerados com os investimentos em capacitação de pessoal; e a necessidade de buscar parcerias entre as entidades públicas e privadas no sentido de dividir os custos de formação dos trabalhadores da região.
     
    Baixar arquivo