Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  13.07 MB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  Políticas públicas para a educação profissional: estudo dos processos de fracasso e sucesso escolar em cursos de capacitação, ofertados pelo Qualificarte I
Autor:  
  Patrícia Ferraz Abdo   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  PUC/MG/EDUCAÇÃO
Área Conhecimento  
  EDUCAÇÃO
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2009
Acessos:  
  911
Resumo  
  Essa dissertação analisou os processos de fracasso e sucesso escolar; ocorridos nos Cursos ofertados pelo Qualificarte I; Centro de Capacitação Profissional; do município de Belo Horizonte; localizado no bairro Gameleira. Esta instituição; criada em 1998 pela Secretaria Adjunta de Assistência Social da Prefeitura da referida cidade; possibilitou que; nessa pesquisa; fossem contemplados os 10 anos de atividades do mencionado centro de capacitação; que oferta cursos de curta duração a sujeitos; oriundos de camadas econômica e socialmente marginalizadas. O trabalho realizado fez uma densa exposição histórica da trajetória da Educação Profissional no Brasil; dando ênfase às Políticas Públicas para essa modalidade de educação e fez uma breve referência aos cursos de capacitação nos âmbitos federal; estadual e municipal; entre os quais se insere o Qualificarte. A pesquisa empírica lançou mão da Análise Documental; das entrevistas Semi-estruturadas; instrumentos da pesquisa qualitativa que fizeram interlocução com o questionário; utilizado; sobretudo; para desenhar os perfis dos gestores; docentes e alunos entrevistados. Os dados coletados; referentes aos processos de fracasso e sucesso escolar evidenciaram: diferenças nos perfis sócio-econômicos dos alunos evadidos e dos que tiveram sucesso escolar; a questão de gênero/sexo; pois as mulheres eram as responsáveis pelo trabalho doméstico e o cuidado com os filhos e a família; a dificuldade dos sujeitos que trabalhavam 40 horas semanais; de conciliarem essa atividade com o estudo; o sucesso escolar daqueles que exerciam tarefas laborais esporádicas; de fácil compatibilização com o estudo. Palavras-chave: Educação Profissional. Centro de Capacitação Profissional (Qualificarte). Fracasso e Sucesso Escolar. Políticas Públicas Educacionais. Educação e Trabalho.
     
    Baixar arquivo