Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  543.92 KB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  O uso de palavras-tabu na construção do personagem fílmico: questões de tradução na produção de legendas.
Autor:  
  Vania Lucia Vianna Carneiro Costa   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  UFRJ/INTERDISCIPLINAR LINGÜÍSTICA APLICADA
Área Conhecimento  
  LINGÜÍSTICA
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2008
Acessos:  
  449
Resumo  
  A identidade social de alguém é composta; dentre outros; por um elemento de natureza lingüística. O conteúdo e a forma com que uma pessoa se expressa discursivamente revela a ambiência em que desenvolve suas atividades cotidianas. Está associada ao grupo com que se identifica - a sua tribo. A partir desse pressuposto; este trabalho visa analisar a tradução realizada para legenda de palavras-tabu - escatologia; referências a etnias; relativas à atividade sexual e a partes do corpo e as gírias com esse tipo de referência - contidas em falas de personagens dos filmes Pulp Fiction (Tempo de violência); Crash (No limite); Clockers (Irmãos de sangue) e American History X (A outra história americana). São analisados os procedimentos técnicos usados pelos tradutores e o efeito provocado no conteúdo identitário do discurso dos personagens; considerando-se as normas e coerções impostas por agentes de distribuição e veiculação de filmes e pelas características do produto; que orientam a atividade de tradução para a produção de legendas.
     
    Baixar arquivo