Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  2.28 MB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  Colonização particular: Atuação da Companhia Viação São Paulo-Mato Grosso (1940-1960)
Autor:  
  Juliana Sanches Silva   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  UFGD/HISTÓRIA
Área Conhecimento  
  HISTÓRIA
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2009
Acessos:  
  175
Resumo  
  O trabalho trata da Companhia Viação São Paulo – Mato Grosso; uma companhia que nasceu em 1908 da evolução da firma Diederichsen & Tibiriçá; firma esta que num primeiro momento estava ligada à construção de uma estrada de rodagem que estabeleceu ligação entre o Estado de São Paulo e a região da Vacaria; no sul de Mato Grosso. Sua evolução caracteriza uma nova fase onde a companhia passa a explorar o transporte e a navegação no rio Paraná e seus afluentes; o comércio de gado; núcleos coloniais e comércio de terras; agricultura; arrecadação de taxas nas zonas de suas concessões; empreendimento industrial e comercial. A partir de 1939; quando o imigrante tcheco Jan Antonin Bata adquire a companhia; embora também tratasse de outros negócios na empresa; sua maior ênfase esteve na construção de núcleos coloniais que deram origem a algumas cidades no Estado do atual Mato Grosso do Sul; como Batayporã e Bataguassú; e no Estado de São Paulo como Batatuba; Indiana e Mariápolis. A trajetória histórica de Mato Grosso como também algumas contribuições do Estado de São Paulo ajudam a entender um pouco mais o meio em que a companhia foi criada e no qual ela permaneceu com seus empreendimentos; principalmente no que diz respeito ao governo de Getúlio Vargas; até uma considerável queda nas suas atividades a partir da década de sessenta após a morte de Bata.
     
    Baixar arquivo