Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  6.33 MB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  FlexQuest no ensino de ciências: incorporando a teoria da flexibilidade cognitiva na WebQuest
Autor:  
  Adriana Alves Aleixo   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  UFRPE/ENSINO DAS CIÊNCIAS
Área Conhecimento  
  EDUCAÇÃO
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2008
Acessos:  
  322
Resumo  
  O presente estudo apresenta uma pesquisa realizada em uma escola da rede privada da cidade do Recife (Brasil); com alunos do 2° Ano do Ensino Médio. Um dos focos desta pesquisa é o estudo de ferramentas com base na Internet que apóiem a construção do conhecimento nos níveis iniciais e avançados por parte dos alunos; num contexto interdisciplinar no ensino de ciências. Para níveis iniciais do conhecimento utilizamos a estratégia WebQuest (WQ); e para os níveis avançados; a FlexQuest (FXQ). A FlexQuest incorpora; dentro da WebQuest; a Teoria da Flexibilidade Cognitiva (TFC). A TFC é uma teoria de ensino; aprendizagem e representação do conhecimento; objetivando a proposição de estratégias para aquisição de níveis avançados do conhecimento. A partir de uma abordagem qualitativa; com uso de questionários; entrevistas e observações; realizamos intervenções pedagógicas em 3 turmas do 2º ano do Ensino médio; tendo como eixo norteador a utilização das duas estratégias (WQ e FXQ). Os resultados da pesquisa revelaram que as WebQuests quando concebidas dentro de uma proposta construtivista de ensino e aprendizagem; são estratégias eficazes para níveis introdutórios do conhecimento; por ter em seu bojo atividades que despertam a curiosidade; a pesquisa; o trabalho cooperativo; a autonomia; mesmo que não contemple uma maior profundidade nos conceitos estudados. Enquanto a FlexQuest é uma estratégia poderosa para a aquisição de conhecimento em níveis avançados; desenvolvendo nos alunos novas habilidades de busca e tratamento da informação. Esta estratégia mostrou-se ainda um fazer pedagógico alicerçado no real; aberto a múltiplas relações com o exterior; em que o aluno constrói o sentido de sua aprendizagem; apesar da mesma requerer uma maior complexidade em sua elaboração; em relação à estratégia WebQuest.
     
    Baixar arquivo