Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  11,80 MB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  Encontro com pais de filhos com traços autistas: compreendendo a experiência emocional
Autor:  
  Maria Izilda Soares Martão   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  USP/PSICOLOGIA CLÍNICA
Área Conhecimento  
  PSICOLOGIA
Nível  
  Doutorado
Ano da Tese  
  2009
Acessos:  
  573
Resumo  
  Esse estudo tem por propósito conhecer aspectos do psiquismo dos pais de filhos com traços autistas; decorrente da experiência clínica da autora no tratamento de crianças e pais com essas características. Todos esses temas são discutidos na introdução do estudo; bem como são apresentadas as bases teóricas sobre as quais o trabalho foi desenvolvido. Seguindo uma metodologia clínica; foram realizados 10 estudos de caso; de ambos os pais; casados; cujos filhos apresentassem traços autistas. Os mesmos foram convidados a participar e foram submetidos aos procedimentos: entrevistas clínicas e o Procedimento de Desenhos-Estórias; em cada um dos pais em separado e uma Observação Familiar. Também foram obtidos dados a partir da consulta ao prontuário da criança ou jovem na Instituição. Os resultados obtidos; na maioria dos casos; revelaram dificuldades emocionais anteriores ao casamento e ao nascimento dos filhos; as quais retrataram: aprisionamento; intolerância à frustração; desvitalização; sentimentos de menos-valia; auto-invalidação; desligamento; evasão das emoções; agitação; depressão e outros aspectos emocionais que os conduzem à paralisação e a insatisfações em suas vidas. Esses parecem ser decorrentes de dificuldades individuais e conjugais; e às quais se somaram as desencadeadas pela condição do filho. Por outro lado foram também denotados no material de nove casos; desejos de mudança e movimentos de esperança. Como conclusão pode-se dizer da necessidade que os pais; participantes desse estudo; têm em receber tratamento psicológico que possa atender às peculiaridades de cada um. Uma compreensão mais ampla dos aspectos psíquicos dos pais pode; ainda; embasar programas preventivos e interventivos; de forma a lhes fortalecer a auto-estima; a esperança e os desejos de mudança. Sugere-se também o desenvolvimento de novas pesquisas sobre o tema.
     
    Baixar arquivo