Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  1,00 MB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  Depois, o golpe: as eleições de 1962 no Clube Militar
Autor:  
  Rachel Motta Cardoso   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  UFRJ/HISTÓRIA SOCIAL
Área Conhecimento  
  HISTÓRIA
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2008
Acessos:  
  1.296
Resumo  
  Trataremos aqui da questão das eleições de 1962 no Clube Militar; à luz do conceito de “partidos militares”. Procurou-se demonstrar o aspecto fraudulento deste pleito; traçando-se um perfil das duas chapas concorrentes. O caráter metodológico e a aplicação do conceito elaborado por Alain Rouquié e Antonio Carlos Peixoto para o estudo e entendimento de correntes militares no seio das Forças Armadas e como essas se relacionavam com a vida pilítica nacional; consideramos como um ponto inovador no9 estudo da relação entre os militares e a política. Assim; procuramos ressaltar as características de cada corrente; as disputas no meio militar e suas estratégias de ação no campo civil. Adotamos como base para pesquisa o acervo do líder da chapa derrotada; o General Pery Bevilaqua.
     
    Baixar arquivo