Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  18.64 MB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  Conceitos e técnicas para assentamentos humanos na perspectiva da sustentabilidade
Autor:  
  Flávia Blaia D`Avila   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  PUCCAMP/URBANISMO
Área Conhecimento  
  ARQUITETURA E URBANISMO
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2008
Acessos:  
  4,016
Resumo  
  A pesquisa baseia-se em uma análise sobre as mudanças que vêm ocorrendo na tentativa de adaptação das limitações do planeta frente às constantes exigências da humanidade. Após uma análise inicial da problemática do crescimento das cidades e da exploração dos Recursos Naturais, é feita uma retrospectiva histórica dos principais eventos ocorridos e documentos elaborados na área ambiental e apresentação de algumas mudanças na área de arquitetura e urbanismo. Apresenta-se, em seguida, uma análise sobre técnicas que visam melhoria do meio ambiente urbano ou peri-urbano e consideram a necessidade de incorporar princípios da ecologia no planejamento e gestão das cidades. As primeiras técnicas tratam dos recursos hídricos e da drenagem urbana, apontando os princípios propostos para um manejo sustentável de águas pluviais. Como complemento para estas propostas, destaca-se a bioengenharia de solos e a fitorremediação, que são técnicas para recuperação e estabilização de áreas degradadas, sobretudo em cursos d´água. Analisa-se em seguida a permacultura, uma filosofia que vem criando espaço nos cenários humanos já que propõem uma série de práticas que consideram o ciclo energético das ações humanas, visando a redução de resíduos e a consciência ecológica na produção de alimentos e ações do cotidiano. A permacultura serve de base para comunidades ecológicas, chamadas “ecovilas”, que abrigam milhares de pessoas que procuram viver com outra forma de relação com a natureza pelo mundo todo. A pesquisa é finalizada com considerações sobre estas abordagens, relacionando-as e sugerindo linhas de estudo futuro.
     
    Baixar arquivo