Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  908.12 KB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  Relação entre biotipos faciais e retenção de terceiros molares inferiores
Autor:  
  Andrea Pretto Tesser   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  SLMANDIC/ODONTOLOGIA
Área Conhecimento  
  ODONTOLOGIA
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2006
Acessos:  
  369
Resumo  
  Esta pesquisa foi realizada com o objetivo de verificar a relação entre os biotipos faciais e a retenção de terceiros molares inferiores; em pacientes em tratamento e tratados da Clínica de Especialização em Ortodontia da Faculdade de Odontologia da Universidade de Passo Fundo (RS). Para tanto; foram analisadas 500 pastas de documentação ortodôntica e destas foram selecionados 60 pacientes sendo 30 do gênero feminino e 30 do gênero masculino. Resultando em 120 terceiros molares inferiores retidos; que foram classificados a partir da radiografia panorâmica; de acordo com a classificação de Winter e de seu relacionamento com a borda anterior do ramo mandibular (classificação de Pell & Gregory). Para designarmos o biotipo facial de cada um dos pacientes da amostra; foi utilizado o cálculo de Vert nas radiografias cefalométricas laterais. Os resultados obtidos mostraram que a inclinação prevalente dos terceiros molares inferiores retidos; segundo a classificação de Winter foi a mesioangular e classe II de acordo com a classificação de Pell & Gregory; para ambos os gêneros e para os três biótipos faciais. Não houve relação significativa entre os tipos de retenção dos terceiros molares inferiores (classificação de Pell & Gregory e Winter) e biotipos faciais. Os terceiros molares inferiores retidos apresentaram-se em uma maior prevalência para a posição mesioangular e classe II; o que nos leva a reforçar a importância da avaliação inicial e planejamento cirúrgico de forma a reduzir a possibilidade de ocorrerem acidentes trans-operatórios e extrações não-justificáveis.
     
    Baixar arquivo