Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  13.14 MB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  Mayumi Watanabe Souza Lima: a construção do espaço para a educação
Autor:  
  Cassia Schroeder Buitoni   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  USP/ARQUITETURA E URBANISMO
Área Conhecimento  
  ARQUITETURA E URBANISMO
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2009
Acessos:  
  17,776
Resumo  
  O tema desta pesquisa é a obra da arquiteta Mayumi Watanabe de Souza Lima (1934-1994); com enfoque em sua discussão sobre a construção dos espaços para a educação. Arquiteta com carreira dedicada ao planejamento; projeto e construção de equipamentos públicos para a educação de crianças e de jovens; atuou em diversos órgãos públicos (municipais; estaduais e federais) e desenvolveu abordagens específicas de atuação; onde o foco de projeto era o usuário e sua maneira particular de apropriar-se do espaço. Em trabalho de reflexão constante sobre a prática de projeto; Mayumi defendia a concepção e o uso do espaço de uma escola com um caráter educativo. Em suas atividades; buscava ensinar os usuários das escolas a “ler o espaço” de maneira crítica: compreender como aquele espaço foi construído; como ele reflete a organização da sociedade; perceber-se como sujeito no mundo; saber-se capaz de transformar o espaço e de construir o novo. Seu objetivo era a formação de cidadãos com consciência crítica para a participação ativa na construção do espaço da democracia. O ponto de partida foi o levantamento do material existente no acervo da arquiteta (que atualmente encontra-se no Centro de Memória Sérgio Buarque de Holanda; na Fundação Perseu Abramo; São Paulo) e a realização de entrevistas com colegas de trabalho da arquiteta. Os documentos selecionados no acervo (textos; fotos; publicações; manuscritos; projetos; desenhos técnicos; relatórios e outros) foram anexados ao trabalho na forma de arquivos digitais gravados em DVD. A dissertação examina a trajetória profissional da arquiteta; buscando compreender: suas origens e formação; o campo de atuação (em órgãos públicos na produção de equipamentos para a educação e em escolas de arquitetura na formação de profissionais); a pesquisa acadêmica e a elaboração de seu pensamento sobre a produção e o uso dos espaços a partir da prática cotidiana de projeto. Suas idéias sobre a relação da criança com o espaço e a educação são ilustradas em duas experiências piloto: a ampliação da escola João Kopke (São Paulo; 1976-78) e a construção de duas escolas públicas com a participação da população (Jardim Fortaleza e Bairro da Varginha; São Paulo; 1983-84) e nos dois livros de reflexão: Espaços educativos; uso e construção (1986) e A cidade e a criança (1989). Examina-se ainda a atuação do Cedec – Centro de Desenvolvimento de Equipamentos Urbanos e Comunitários; dirigido e coordenado por Mayumi durante a gestão de Luiza Erundina na Prefeitura de São Paulo (1989-1992). Além de desenvolver pesquisas sobre a produção de equipamentos urbanos; o Cedec incluía uma fábrica de elementos pré-fabricados de argamassa armada que produziu equipamentos como lixeiras; abrigos de ônibus; bancos e componentes para a construção de edifícios como escolas; creches e centros de convivências. Mayumi realizou no Cedec um trabalho inédito de formação para a cidadania que incluía; dentre outras atividades; divulgação de informações para a população através de folders explicativos e reuniões com as comunidades onde as obras seriam realizadas.
     
    Baixar arquivo