Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  680.97 KB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  A crise no ensino jurídico: uma análise da atividade docente
Autor:  
  Andrea Vale Spazzafumo   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  UECE/PLANEJAMENTO E POLITICAS PÚBLICAS
Área Conhecimento  
  SOCIOLOGIA
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2007
Acessos:  
  227
Resumo  
  Atualmente; o conhecimento é entendido como um valor especial – maior até do que bens materiais. No passado; a maioria dos pais queria deixar terras; patrimônios e riquezas materiais como herança a seus filhos; hoje; muitos percebem que o melhor é propiciar aos filhos; conhecimento por meio de uma boa formação geral; num processo de educação permanente. De fato; em meio às incertezas que o atual momento tende a despertar; num ponto parece que há consenso entre os estudiosos e a sociedade: a importância do conhecimento para todos os indivíduos. O prestígio da educação é uma questão geral; porém o presente trabalho focaliza o ensino jurídico. A partir da análise dos cursos jurídicos no Brasil – no que concerne à sua evolução –; se reconhece que o modelo proposto inicialmente e a sua reprodução ao longo dos anos; contribuiu para a atual crise nessa modalidade de ensino; com sérias repercussões para a sociedade brasileira frente a especificidade desses cursos em relação à formação dos profissionais aptos a exercerem as atividades essenciais à justiça – conforme estabelecido constitucionalmente. Daí a relevância desse trabalho; à medida que se reconhece o direito à educação como um direito social; essencial para o desenvolvimento do indivíduo e da sociedade; bem como a consideração do ensino jurídico não só pela importância de um curso superior de qualidade; mas em relação à sua especificidade de formar os profissionais aptos a compor o Poder Judiciário. Considerando que seria ousado tratar ao mesmo tempo dos diversos fatores que hoje podem refletir na crise do ensino jurídico e; ainda; que os professores exercem um papel de absoluta importância nas escolas jurídicas; cumprindo a função principal de formar os profissionais do Direito; o presente trabalho está focado no docente; na sua formação e metodologia de ensino para propor os métodos da Andragogia no aperfeiçoamento da formação docente; senão em substituição aos sistemas tradicionais de ensino; mas como contribuição que possa vir a melhorar o modelo atual.
     
    Baixar arquivo