Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  3.71 MB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  A pertinência temática e o controle concentrado de constitucionalidade: o interesse de agir à luz do papel do Supremo Tribunal Federal como guardião da Constituição
Autor:  
  Bruno Zilberman Vainer   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  PUC/SP/DIREITO
Área Conhecimento  
  DIREITO
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2009
Acessos:  
  779
Resumo  
  A presente dissertação de mestrado tem como objetivo realizar uma análise da pertinência temática; exigência oriunda do Supremo Tribunal Federal que impõe a alguns dos legitimados para o controle concentrado de constitucionalidade a demonstração de interesse de agir específico. De fato; referida exigência se apresenta como um fator limitativo ao controle concentrado de constitucionalidade; a partir do momento em que importantes questões constitucionais deixam de ser analisadas sob o fundamento da ausência de interesse de agir. A exigência da pertinência temática torna-se ainda mais questionável no âmbito dos processos objetivos de controle concentrado; onde; via de regra; não há defesa de interesse próprios; não se verificando um litígio propriamente dito. Com efeito; tais processos possuem como objeto tão-somente a verificação in abstracto da constitucionalidade de determinado ato normativo; no intuito de proteger a Constituição; buscando preservar o sistema de normas contrárias à Carta Magna. Ademais; o nítido desenvolvimento do controle concentrado de constitucionalidade no Brasil em contraposição à análise; pelo Supremo; da pertinência temática (que dificulta o acesso de alguns legitimados ao controle concentrado) conduz à discussão no sentido de se identificar o papel do Supremo Tribunal Federal nos dias atuais. Isso porque o número assustador de processos que desembocam no Tribunal Maior todos os anos acarretou a necessidade de se modificar o sistema atual; principalmente com relação ao grande número de competências desta Corte. Nesse sentido; são apresentadas algumas propostas para a modificação deste panorama; de modo a redefinir as prioridades do Supremo Tribunal Federal; diminuindo a limitação no acesso dos legitimados ao controle concentrado de constitucionalidade; no intuito de resgatar a sua principal função: a guarda da Constituição
     
    Baixar arquivo