Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  597,79 KB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  A Relação da Polícia Militar Paulista com a Comunidade Negra e o Respeito à Dignidade Humana: a Questão da Abordagem Policial
Autor:  
  Airton Edno Ribeiro   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  UFSCAR/EDUCAÇÃO
Área Conhecimento  
  ANTROPOLOGIA
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2009
Acessos:  
  1.017
Resumo  
  A abordagem policial; forma coloquial de nomear a prática social da busca pessoal; é um dos pontos mais tensos da ação policial-militar; momento em que o policial tem que demonstrar preparação profissional adequada; da qual dependerá o sucesso da sua ação; podendo haver ou não o enfrentamento entre o cidadão-policial e o cidadão abordado; em suma; entre Estado e Sociedade. Pesquisas recentes; no entanto; demonstram que o policial militar ainda não está preparado adequadamente para realizar essas abordagens; principalmente em relação ao mandamento constitucional de respeito à dignidade humana. Esta pesquisa; valendo-se de postura com base na fenomenologia; orienta-se pela questão de como deveria ocorrer a abordagem policial com respeito à dignidade humana do negro; na visão do policial militar; que aborda; e de pessoas negras; que são abordadas. O estudo realizou-se com a participação de policiais militares e de pessoas negras abordadas; nas cidades de São Paulo e São Carlos. Os dados foram coletados em conversas; rodas de conversas e observações de patrulhas; com o objetivo de conhecer e compreender o ponto de vista de policiais e de abordados; assim como de coletar sugestões para a formação inicial e continuada de policiais militares. O resultado obtido foi que apesar de conhecer bem as técnicas e a lei; e saber utilizar esta última para justificar a sua atuação; aparentemente; o policial ainda trabalha baseado em estereótipos criados pela sociedade branca; porque é fruto dessa sociedade; daí a necessidade de discutir o tema; em profundidade; nos cursos de formação e estágios de aperfeiçoamento da Polícia Militar .
     
    Baixar arquivo