Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  877.27 KB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  Escola de tempo integral: redimensionar o tempo ou a educação?
Autor:  
  Maria do Carmo Rodriges Lurial Gomes   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  PUCCAMP/EDUCAÇÃO
Área Conhecimento  
  EDUCAÇÃO
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2009
Acessos:  
  626
Resumo  
  O presente estudo teve como foco verificar a concepção de educação integral que possuem os professores que trabalham em duas escolas da rede pública estadual de ensino no interior de São Paulo, com base na concepção de tempo integral descrito nas Diretrizes para essa escola. Implantado em 2006 o projeto pressupõe a articulação integradora de experiências e conhecimentos, a fim de superar a fragmentação dos diversos campos do conhecimento através do redimensionamento do tempo escolar. Diante disso, resgatar a história das experiências desenvolvidas no Brasil, favorece a análise dessa nova experiência. De caráter qualitativa e exploratória, a pesquisa teve como procedimentos metodológicos: análise documental com foco na legislação de implantação e nas Diretrizes para a Escola de Tempo Integral, e os documentos advindos após esta publicação, entrevistas semi-estruturadas realizadas com dois diretores e dois professores coordenadores envolvidos com a implantação deste projeto, questionário aplicado aos professores das duas escolas que atuam no currículo básico e nas oficinas curriculares, realização de dois grupos focais envolvendo 20 professores das duas escolas. Os dados coletados foram analisados com base na Pedagogia histórico-crítica, contextualizando a experiência a partir do ideal formativo dos movimentos: anarquista e Escola Nova. Na análise e interpretação dos dados foi possível perceber, tanto na legislação de implantação do projeto quanto na manifestação dos professores, a concepção de educação compensatória destinada à camada pobre da população atendida. As Diretrizes fundamentam-se em concepções preconizadas pelo movimento escolanovista mas as condições físicas das duas escolas bem como os recursos disponibilizados e a falta de formação dos envolvidos inviabilizam tal concepção. A pesquisa aponta para a necessidade de discussões, formação continuada dos professores, e reflexões que ultrapassem a preocupação apenas com o fazer diário na dinâmica escolar para uma construção crítica desse processo que proporcione aos alunos experiências significativas através da garantia de acesso ao saber sistematizado, razão da existência da instituição escolar.
     
    Baixar arquivo