Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  3.99 MB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  Construcionismo de papert e ensino-aprendizagem de programação de computadores no ensino superior
Autor:  
  Márcio Roberto de Lima   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  UFSJ/PROCESSOS SOCIOEDUCATIVOS E PRÁTICAS ESCOLARES
Área Conhecimento  
  EDUCAÇÃO
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2009
Acessos:  
  235
Resumo  
  A sociedade moderna convive cotidianamente com a evolução das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC). Esse panorama provocou a adoção do computador como elemento importante e, às vezes, indispensável para a maioria das áreas de conhecimento. Assim, o presente trabalho trata da inserção do computador na educação superior e enfoca, especificamente, o processo de ensino-aprendizagem de programação de computadores sob a perspectiva construcionista de Seymour Papert. A pesquisa empreendida buscou proporcionar uma melhor compreensão da dinâmica educacional que envolve a programação de computadores, levando em conta as ferramentas de software e os sujeitos envolvidos: alunos e professores. O objetivo específico do estudo foi verificar a pertinência da linguagem de programação LOGO enquanto ferramenta facilitadora da aprendizagem de programação em um curso de Sistemas de Informação de uma Universidade do interior do Estado de Minas Gerais. A abordagem utilizada para o desenvolvimento deste trabalho foi de natureza qualitativa, tendo com instrumento de coleta de dados o questionário e a entrevista semi-estruturada. Os dados coletados foram transcritos e submetidos à análise de conteúdo. Os resultados alcançados apontam o LOGO como uma ferramenta de fácil apropriação e adequada para ser trabalhada em cursos de introdução à programação de computadores, em conexão com outras linguagens. Do ponto de vista dos alunos, percebeu-se que o principal fator motivacional de suas aprendizagens está ligado à atuação do professor das unidades curriculares de programação. Desse profissional espera-se não apenas a competência técnica, mas também a pedagógica, no sentido de propiciar a didatização dos conteúdos. Para os professores, destaca-se a necessidade constante de pesquisa sobre os temas explorados, a reflexão sobre as estratégias de ensino e a vivência na área, visando a efetivação de um processo eficaz de aprendizagem.
     
    Baixar arquivo