Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  2.39 MB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  Vínculos organizacionais: estudo comparativo entre coordenadores e professores da educação básica nas redes pública e particular
Autor:  
  Fabiana Lana Pessoa   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  FNH/ADMINISTRAÇÃO
Área Conhecimento  
  ADMINISTRAÇÃO
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2008
Acessos:  
  278
Resumo  
  Este trabalho caracteriza-se por ser um estudo de caso comparativo realizado com objetivo de avaliar os vínculos mantidos entre coordenadores e professores que atuam na Educação Básica de duas escolas, de uma pública e a outra particular. O estudo e o levantamento dos vínculos estabelecidos entre estes profissionais foram baseados na tipologia de Kramer e Faria (2007), e em autores de áreas da Administração, Psicologia e Educação. Para esta pesquisa, foram selecionados os seguintes elementos constitutivos dos vínculos: identificação, cooperação nas atividades, participação e autonomia, criação de inimigos, idealização, reconhecimento e valorização dos indivíduos, solidariedade, crescimento e desenvolvimento pessoal e profissional. Para a obtenção de informações e dados sobre os vínculos investigados foram utilizadas técnicas condizentes com o objetivo da pesquisa: entrevistas semi-estruturadas, questionários e grupos de foco. Os dados qualitativos foram obtidos por meio das entrevistas semi-estruturadas com diretores e coordenadores, e do grupo focal com os professores de ambas as escolas. Os dados quantitativos foram levantados mediante a aplicação de questionários nos professores da escola pública e particular. Buscou-se caracterizar os elementos que são importantes na relação e nos vínculos entre coordenadores e professores, e as diferenças existentes em ambas as instituições. As diferenças ocorreram na intensidade das formações vinculares. Alguns vínculos foram mais intensos, pois estão relacionados a uma base mais forte e com laços maiores de reciprocidade e interesse entre os coordenadores e professores. Outros estão relacionados a uma necessidade e relação de conveniência aos interesses dos profissionais e das instituições onde atuam. Outros puderam ser percebidos de forma mais frágil onde os impactos dos mesmos resultam no comprometimento da qualidade do serviço oferecido. Todos os vínculos pesquisados foram identificados nas instituições. Diferenças significativas ocorreram nos vínculos: "identificação dos professores com a Coordenação Pedagógica", "participação e autonomia", "criação de inimigos", "reconhecimento e valorização dos indivíduos" e "crescimento e desenvolvimento pessoal e profissional". O vínculo de "identificação dos professores com a Coordenação Pedagógica" é menor na relação estabelecida entre os professores e coordenadora na escola pública. Na escola particular este vínculo é maior. O vínculo "cooperação" e a "solidariedade" existem em ambas as instituições motivados por razões diferentes. O vínculo "participação e autonomia" gera para os professores de ambas as escolas sentimentos de impotência e frustração. Verifica-se uma pseudo-autonomia nas duas instituições. O vínculo "criação de inimigos" capaz de fortalecer a união do grupo em prol de objetivos comuns existe nas duas instituições. Na escola pública são os problemas relacionados ao descaso governamental com a educação pública no País e o perfil dos alunos e da comunidade escolar. Na escola particular são as famílias e o mercado direcionando algumas condutas da instituição. O vínculo "idealização da Coordenação Pedagógica pelos professores" encontra-se presente nas duas escolas. Na escola pública o coordenador é visto como um herói e na escola particular como um verdadeiro líder. O vínculo "reconhecimento e valorização dos indivíduos" evidencia que ambos os grupos de professores sentem-se reconhecidos, porém o reconhecimento do trabalho de seus coordenadores por eles é diferente. O vínculo "crescimento e desenvolvimento pessoal e profissional" é maior na escola particular. Na escola pública os professores sentem-se cansados e desmotivados o que gera estagnação nos seus processos de desenvolvimento. Todas as comparações feitas anteriormente caracterizam e compõem o ambiente de cada uma das escolas. Outras considerações importantes desse trabalho referem-se à grande interdependência entre os vínculos que não aparecem isoladamente e a influência das configurações específicas e estruturas de cada uma das escolas. Antes de formarem os vínculos entre os grupos, existe um vínculo maior com a instituição onde as pessoas tendem a reproduzir as suas características e a sua cultura organizacional.
     
    Baixar arquivo