Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  4.97 MB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  História e memória da educação musical no piauí: das primeiras iniciativas à universidade
Autor:  
  João Valter Ferreira Filho   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  FUFPI/EDUCAÇÃO
Área Conhecimento  
  EDUCAÇÃO
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2009
Acessos:  
  501
Resumo  
  O presente estudo faz uma retrospectiva histórica das iniciativas de Educação Musical no estado do Piauí no recorte temporal compreendido entre a fundação de Oeiras, primeira capital piauiense, até os dias atuais, quando analisa o ensino desenvolvido no interior da UFPI. Caracteriza-se como um trabalho historiográfico de natureza exploratória e com abordagem de caráter qualitativo. Traz fundamentação teórico-metodológica na Nova História Cultural, sendo norteada pelas idéias de Le Goff (1986; 1998; 2003), Certeau (1990), Burke (1992; 1997; 2004; 2005), Thompson (1992; 2002) e Halbwachs (1990), além de se basear também nos trabalhos de Lopes e Galvão (2001) sobre a História da Educação no Brasil e Barbosa (1999; 2002), sobre a História do ensino de Arte no Brasil. A pesquisa lança mão ainda dos escritos de Ferro (1996, 2000, 2005), Freitas (1988), Castelo Branco (1992) e Queiroz (1998; 2006; 2008) sobre a História da Educação no Piauí e, como subsídios específicos do campo da Educação Musical, faz uso dos trabalhos de Mark (1986), Swanwick (2003), Andrade (1980), Hentschke e Oliveira (2000), Hentschke e Del Ben (2003), Harnoncourt (1998), Fucci Amato (2004; 2006; 2007), Fernandes (1988, 2000, 2004), Fonterrada (2005) e Paz (1999; 2000), dentre outros. Somadas às fontes bibliográficas, encontram-se também fontes documentais e iconográficas, localizadas em diversos acervos públicos e particulares, além de depoimentos orais, coletados por meio de entrevistas semi-estruturadas e depoimentos escritos, sob a forma de questionários e memoriais. A pesquisa também empreende um trabalho de digitalização dos vários documentos oficiais, hemerográficos e iconográficos constantes nos arquivos do DMA, do CCE e nos diversos acervos particulares visitados, assim como de planos de curso, atas de reuniões, relatórios, panfletos, cartazes etc, relacionados à Educação Musical ao longo da História do Piauí. Os dados recolhidos possibilitam o resgate e a análise de diversos aspectos do processo histórico-social constitutivo da Educação Musical no estado do Piauí.
     
    Baixar arquivo