Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  518.82 KB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  Alterações hematológicas em pacientes com quadro clínico de dengue atendidos no hospital Dia Professora Esterina Corsini de janeiro a maio de 2007
Autor:  
  Éveny Cristine Luna de Oliveira   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  UFMS/DOENÇAS INFECCIOSAS E PARASITÁRIAS
Área Conhecimento  
  MEDICINA
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2009
Acessos:  
  734
Resumo  
  Apesar de sua longa história na humanidade, o dengue é um patógeno temido que provoca o que hoje é considerada uma das principais arboviroses do mundo. Manifestase como uma doença epidêmica com grande importância na morbidade e mortalidade de crianças e adultos, ocorrendo predominantemente nas regiões tropicais e subtropicais. Dentre os vários comprometimentos orgânicos evidenciados nessa doença, há as alterações hematológicas associadas às modificações da celularidade sanguínea e aos distúrbios de hemostasia. Este trabalho objetivou analisar as alterações hematológicas de pacientes infectados pelo DEN3 na epidemia de 2007 em Campo Grande, Mato Grosso do Sul através do estudo retrospectivo de 543 prontuários e determinação da evolução plaquetária e leucocitária a partir do primeiro dia de instalação dos sintomas. Utilizaram-se os programas Epi-info 3.4.1 e Bioestat para análise estatística. O maior número de pacientes foi classificado como dengue clássico (90,2%) com gravidade clínica leve. As principais alterações hematológicas observadas foram a leucopenia (68,3%), plaquetopenia (66,5%), linfocitopenia (67,2%) e presença de linfócitos atípicos (67,0%). A FHD apresentou linfopenia e plaquetopenia mais acentuadas e maior número de linfócitos atípicos. As alterações hematológicas apresentaram evolução diária semelhante às encontradas no DC, exceto a plaquetopenia, que ocorreu mais precocemente na FHD. As alterações hematológicas observadas no dengue apresentaram-se de acordo com a evolução clínica e gravidade da doença.
     
    Baixar arquivo