Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  4,22 MB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  Os estilos de aprendizagem de Felder a partir de Jung
Autor:  
  Cláudia Maria Sales Senra   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  CEFET/MG/EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA
Área Conhecimento  
  EDUCAÇÃO
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2009
Acessos:  
  789
Resumo  
  A educação ocupa oposição de destaque no mundo atual, palco de amplas e constantes mudanças, que exigem constante capacitação. O ensino tradicional tende a considerar os alunos em uma homogeneidade, utilizando parcos recursos, ou simplesmente limitando o ensino às aulas expositivas. Entretanto, as emoções, a sensibilidade, a afetividade, a intuição influenciam sobremaneira na forma de aprender do estudante. O processo de aprendizagem mostra-se extremamente complexo. Fatores de diversas naturezas, como físico, ambiental, cognitivo, afetivo, cultural e sócio-econômico, influenciam o processo de aprendizagem. Baseado nestas variáveis, Felder desenvolveu um índice para verificar o tipo de aprendizado que cada aluno apresenta. A combinação de diferentes dinâmicas de trabalho em sala de aula beneficia diversas preferências de aprendizagem. Dessa forma, o conhecimento por parte do professor das suas próprias preferências de aprendizagem e das de seus alunos deve refletir no planejamento das atividades pedagógicas e na orientação para o desenvolvimento de estratégias de aprendizagem. Por outro lado, é importante também que o aprendiz conheça suas próprias preferências de aprendizagem de modo a desenvolver estratégias que o auxiliem a lidar com as mais diferentes situações de aprendizagem na escola ou na vida. O objetivo deste trabalho é aprofundar a compreensão dos aspectos psicológicos dos estilos de aprendizagem de Felder-Silverman, explicitando a contribuição da teoria de tipos psicológicos de Jung. Pretende-se tornar mais clara e objetiva a teoria dos estilos de aprendizagem de Felder-Silverman, por meio da realização de um estudo aprofundado desse modelo e do estabelecimento de um paralelo com a teoria psicológica de Carl Jung. Para tanto foi realizada uma pesquisa qualitativa e descritiva por meio de observações das aulas ministradas e de entrevistas semi-estruturadas, bem como da aplicação do índice de estilos de aprendizagem e do teste da figura humana em duas turmas do ensino médio. Observou-se que há uma congruência entre os dados encontrados pelo método de Felder e os tipos psicológicos de Jung.
     
    Baixar arquivo