Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  802.28 KB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  As possibilidades e limites da modalidade de concomitância externa da educação profissional na perspectiva da inclusão de jovens trabalhadores
Autor:  
  Anselmo Paulo Pires   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  CEFET/MG/EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA
Área Conhecimento  
  EDUCAÇÃO
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2008
Acessos:  
  577
Resumo  
  O presente estudo teve como objetivo geral investigar os significados conferidos à formação profissional por egressos dos cursos técnicos pós-reformas, Decretos n. 2.208/97 e 5.154/04, contribuindo para uma análise dos limites e possibilidades da modalidade de CCE. Busca-se interpretar o significado de uma determinada instituição, através do depoimento de egressos e profissionais. A pesquisa foi realizada em uma instituição federal de ensino técnico IFET, com egressos concluintes ou desistentes do ano de 1999 a 2005. É uma pesquisa do tipo qualitativa, da qual participaram: 9 alunos egressos do Curso Técnico de Mecânica Industrial na modalidade de CCE com curso profissional concluído no período, sendo 3 do turno diurno, 4 do noturno e 2 que estudaram em ambos os turnos, 3 alunos egressos desistentes ou jubilados, 4 professores e 1 técnico administrativo da área de assistência ao estudante. O eixo teórico que fundamenta esta pesquisa está voltado para a produção do conhecimento referente à reforma da Educação Profissional e para as pesquisas que procuram entender as diversas formas de inclusão do aluno trabalhador, suas possibilidades e limites diante da reestruturação produtiva. Os procedimentos de coleta de dados dividiram-se em três momentos: análise documental, entrevistas semi-estruturadas e análise temática. A pesquisa não teve a intenção de julgar sobre a melhor modalidade de ensino profissional oferecida pela IFET após as reformas da EPT, mas sim compreender melhor como essas políticas estabelecidas em termos teóricos têm se efetivado no contexto prático e quais os sentimentos, percepções, facilidades ou dificuldades enfrentadas por aqueles que a vivenciaram na prática. A coleta e análise dos dados permitiram entender melhor o assunto investigado, dando voz aos diretamente envolvidos no processo, assim como forneceu subsídios para novas pesquisas, oferecendo dados significativos que podem ser considerados nas inúmeras propostas de efetivação das chamadas políticas inclusivas para os jovens trabalhadores. Verificou-se ainda a necessidade de se repensar os cursos técnicos na perspectiva da escola que forme integralmente o cidadão e ao mesmo tempo seja inclusiva, democrática e equânime.
     
    Baixar arquivo