Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  1.45 MB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  Limites e possibilidades da formação inicial de professores da educação profissional através do programa especial de formação pedagógica de docentes, segundo as representações de seus egressos
Autor:  
  Daniel de Souza Macieira   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  CEFET/MG/EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA
Área Conhecimento  
  EDUCAÇÃO
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2009
Acessos:  
  498
Resumo  
  Este estudo buscou avaliar limites e possibilidades da formação inicial de professores da Educação Profissional (EP) através do Programa Especial de Formação Pedagógica de Docentes - PEFPD, a fim de subsidiar o desenvolvimento de políticas de formação docente para a EP numa perspectiva de Educação Tecnológica. A investigação realizou-se por meio de uma abordagem compreensiva centrada na análise das representações de egressos desse Programa. Para melhor contextualização da pesquisa, recorreu-se à produção científica relacionada à formação de professores e à EP. O trabalho de campo foi feito com 16 sujeitos licenciados entre os anos de 2000 e 2007 numa escola técnica da rede federal, localizada na região sudeste do Brasil. Para a coleta de dados, utilizaram-se questionários e entrevistas semiestruturadas. O estudo partiu da hipótese de que o PEFPD tem prestado contribuições na formação inicial dos seus egressos, seja para a construção da sua identidade docente, seja para o seu desempenho na EP. Tais contribuições foram identificadas no aprendizado de técnicas, metodologias de ensino e planejamento das aulas, na aquisição de fundamentos teóricos e conhecimentos pedagógicos necessários à docência, na contextualização histórica e organizacional do campo da educação, na constituição de um novo olhar dos egressos sobre o aluno, na ampliação do seu campo de possibilidades de atuação profissional. Por outro lado, as representações dos sujeitos pesquisados indicaram que a formação do PEFPD teve um alcance limitado: na exposição da importância da formação docente continuada, no estímulo a uma atuação docente integrada profissionalmente e politicamente a esse grupo ocupacional, na abordagem dos conhecimentos pedagógicos e no esclarecimento do seu papel e da sua importância em relação à formação específica, no desenvolvimento de uma visão histórica e crítica dos egressos sobre a EP e sobre a docência nessa modalidade de ensino, no pequeno incentivo às atividades de pesquisa. A conclusão final da dissertação é que, não obstante essas limitações, esse modelo formativo mostra-se uma das possíveis referências para a construção de propostas específicas para a formação de professores da EP.
     
    Baixar arquivo