Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  4,78 MB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  Ouro Preto, ou a produção do espaço cordial
Autor:  
  Cláudio Rezende Ribeiro   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  UFRJ/URBANISMO
Área Conhecimento  
  ARQUITETURA E URBANISMO
Nível  
  Doutorado
Ano da Tese  
  2009
Acessos:  
  855
Resumo  
  Esta tese trata de relações sociais observadas a partir de seu viés espacial. O trabalho constrói novas interpretações no campo urbanístico das práticas de preservação de um tecido urbano tombado como patrimônio histórico nacional; tendo a cidade de Ouro Preto como caso-referência. No intuito de contribuir para o debate a respeito das questões urbanas; procurou-se estabelecer um novo conceito analítico da produção do espaço brasileiro: o espaço cordial. Trata-se de uma proposição de interpretação deste espaço a partir do acondicionamento da teoria de Henri Lefebvre a respeito da produção do espaço segundo a descrição social brasileira realizada por Sérgio Buarque de Holanda em seu Raízes do Brasil; onde este autor forja o conceito do homem cordial. A partir da observação das representações do espaço ouro-pretano assim como de seus espaços de representação aliados às suas práticas sociais conseguiu-se demonstrar formas relacionais entre o espaço e a sociedade que evidenciam a política de preservação histórica nacional como forma de dominação do espaço que alimenta a incompletude do alcance da cidadania brasileira; assim como também se construiu possíveis novas respostas espaciais e sociais que seriam capazes de retomar a conquista da autonomia social; renovando o debate sobre a atual conjuntura de nossa formação nacional em transformação.
     
    Baixar arquivo