Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  1.38 MB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  Formação e prática docente na educação profissional inicial e continuada: características do perfil docente no SENAC/Fortaleza
Autor:  
  Maria Lirene Menezes Melo   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  UECE/PLANEJAMENTO E POLITICAS PÚBLICAS
Área Conhecimento  
  SOCIOLOGIA
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2009
Acessos:  
  654
Resumo  
  O presente trabalho objetivou analisar as políticas públicas para a formação docente; nos cursos de Educação Profissional e Tecnológica (EPT) inicial e continuado; propondo como matriz um percurso formativo fundamentado na teoria sobre os saberes docentes. Para tanto; realizou-se uma breve contextualização da educação no Brasil além de se abordar; com mais precisão; a Educação profissional; conhecendo a política de formação de docentes para a educação profissional e compreendendo-a; na sua integra; levando em conta sua historicidade. Posteriormente; elaborou-se uma discussão crítica sobre os pressupostos que determinam a política de formação docente no Brasil; suas teorias e práticas (saberes docentes; professor criticorreflexivo; e relação teoria e prática) na formação do docente; que atua nessa modalidade de educação. Esses conhecimentos; fundamentados nos estudos e reflexões; dirigiram as discussões a respeito do quarto capítulo; quando se analisou o projeto político pedagógico da instituição pesquisada e os dados da investigação; aprofundando o olhar sobre as características do perfil profissional do docente de EPT inicial e continuada. Nesse sentido; apresentam-se algumas conclusões referendadas pela resposta dos entrevistados; participantes da pesquisa; observando-se que esses instrutores; em sua ação prática; levam em consideração seus saberes docentes construídos ao longo de sua experiência profissional e de vida. Esses atores sociais; que emergem da sociedade do trabalho no seu cotidiano da sala de aula; dão praticidade ao aprender a aprender; valorizando a ação de ensinar; conscientes de que; como bem observa Paulo Freire; ensinar não é; simplesmente; repassar conhecimentos.
     
    Baixar arquivo