Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  783,13 KB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  Diálogo entre Paulo Freire e Seymour Papert: a prática educativa eas tecnologias digitais de informação e comunicação
Autor:  
  Flavio Rodrigues Campos   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  UPM/LETRAS
Área Conhecimento  
  LETRAS
Nível  
  Doutorado
Ano da Tese  
  2008
Acessos:  
  2.056
Resumo  
  Nosso trabalho nasce da preocupação em discutir e refletir sobre o discurso de Paulo Freire e Seymour Papert em relação ao uso das tecnologias digitais de informação e comunicação nas práticas educativas, buscando analisar as implicações desses discursos para as mudanças nas práticas discursivas e nas práticas sociais nas quais esses discursos estão inseridos, bem como sua importância para a educação. Partindo da bibliografia pesquisada, buscou-se mapear e explicitar alguns conceitos defendidos na teoria de cada autor, assim como destacar os conceitos de ideologia, linguagem e currículo, que são fundamentais na compreensão desta pesquisa. A metodologia utilizada neste trabalho procurou relacionar os conceitos citados acima com a análise de discurso textualmente orientada do diálogo gravado intitulado "O futuro da escola", em que Paulo Freire e Seymour Papert debatem sobre o assunto. Na prática, fizemos uma análise do discurso baseada na teoria de Norman Fairclough (2001), que considera o discurso em três dimensões: texto, prática discursiva e prática social. A análise propriamente dita procurou discutir e refletir sobre os aspectos textuais e sociais inseridos no discurso de Paulo Freire e Seymour Papert, que poderão implicar (ou não) em mudanças nas práticas discursivas e sociais de educadores e profissionais da educação. A tese apresentada defende que a análise discursiva pode contribuir para ampliarmos nossa compreensão sobre a influência dos discursos de Paulo Freire e Seymour Papert para a prática educativa dos profissionais da educação, em relação às tecnologias digitais de informação e comunicação.
     
    Baixar arquivo