Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  278.04 KB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  PROEJA e inclusão social: qualificação, emprego e desemprego de egressos do curso de informática da EAFS/RS
Autor:  
  Cleusa Rosane Fassbinder Goi   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  UFRRJ/EDUCAÇÃO AGRÍCOLA
Área Conhecimento  
  EDUCAÇÃO RURAL
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2009
Acessos:  
  926
Resumo  
  O texto faz uma reflexão sobre o PROEJA - Programa de Educação de Jovens e Adultos, implantado no Brasil em 2005, pelo Decreto nº 5478, modalidade educacional direcionada para atender aos excluídos pela sociedade e pela escola, que é parte integrante da sociedade. Em 2006, o governo emitiu o Decreto de Nº 5.840, tornando óbvio que seria mais um programa de inclusão social da política da reforma do ensino profissional do Governo Lula, voltada a uma população tradicionalmente excluída da educação regular que ultrapassaram a idade regular de escolarização. Diante desta realidade, é possível constatar inúmeras contradições entre o discurso e a realidade de programas que têm como propósito o resgate da dívida social acumulada ao longo do tempo junto às camadas populares. Tais contradições, muitas vezes, chegam até a comprometer o êxito desses programas. Uma questão se apresenta para investigação é se, apesar de a geração de emprego e renda não ser uma conseqüência da maior qualificação, mas de investimentos em capital fixo, em que aspecto o PROEJA poderá se constituir em uma alternativa concreta para os trabalhadores rurais da região se inserir e permanecerem no mercado de trabalho? A partir desta questão, estruturamos esta pesquisa, cujo objetivo é verificar se o Programa de Formação Integrada ao Ensino Profissional em Informática, oferecido pela EAFS/RS, no âmbito do PROEJA, tem contribuído para aumentar a qualificação de seus egressos, proporcionando-lhes melhores condições de ingresso e permanência no mercado de trabalho. Para a investigação proposta, tomamos como instrumentos de coleta de dados a literatura sobre o tema, fontes bibliográficas primárias (documentos oficiais, projetos da própria EAF investigada, documentos do processo seletivo) e realizamos a aplicação de questionários, observação participante, durante o Seminário de Auto-Avaliação realizado no final do programa e entrevistas após sete meses após a conclusão do programa com o objetivo de localizá- los e verificar a situação de cada um no que se refere à melhoria da qualidade de vida e inserção no mercado de trabalho dentro da área de formação.
     
    Baixar arquivo