Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  66.73 MB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  Na casa de Marta e Maria: um estudo sobre o colégio Notre Dame de Sion em Petrópolis
Autor:  
  Márcia de Carvalho Jimenez Alamino   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  UCP/RJ/EDUCAÇÃO
Área Conhecimento  
  EDUCAÇÃO
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2008
Acessos:  
  70
Resumo  
  A presente pesquisa reconstitui a memória do Colégio Notre Dame de Sion em Petrópolis que, durante 80 anos - de 1889 até 1968, foi referência na educação de meninas da sociedade fluminense, estendendo-se também às classes abastadas de todo o país. A investigação histórico-documental realizada buscou examinar o universo e o cotidiano feminino em uma escola católica de origem francesa, voltada para a formação das elites, utilizando como categorias de análise o gênero, a identidade católica e o espaço social compartilhado entre Martas e Marias. Para a coleta de dados, foram utilizados como fonte de pesquisa os documentos existentes nos arquivos da Universidade Católica de Petrópolis, no Arquivo Histórico Municipal e no Arquivo Histórico do Museu Imperial, vasto material bibliográfico, os "ego-documentos", os depoimentos concedidos por exalunas e "martinhas" e uma extensa iconografia. Após cuidadosa determinação dos critérios metodológicos, optou-se por evidenciar, inicialmente, os antecedentes históricos da Congregação de Nossa Senhora do Sion e as Irmãs que tomaram parte na organização da primeira escola sionense no Brasil, a seguir, foi feito o levantamento dessa instituição educacional, destacando o espaço escolar, as características pedagógicas, o perfil e o cotidiano das meninas atendidas pelo colégio e a importância que as classes mais favorecidas conferiam a esse modelo educativo, considerando-o símbolo de tradição e de caráter privilegiado para a formação e construção de uma identidade feminina, que deveria ser dotada de atributos como obediência, refinamento, polidez, religiosidade e profundo sentido de família, finalmente, buscou-se inserir a instituição no contexto históricopolítico- educacional do país até a época do encerramento de suas atividades na cidade. A análise empreendida sobre o Sion conclui que o fechamento do Colégio em Petrópolis não ocorreu devido a um único motivo, mas por um conjunto de fatores relevantes que abrangeram desde questões econômicas fundamentais até as profundas mudanças sociais ocorridas na década de 60.
     
    Baixar arquivo