Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  3.64 MB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  Educação em animês: aprendendo sobre masculinidade com os Cavaleiros do Zodíaco
Autor:  
  Irmo Wagner   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  ULBRA/EDUCAÇÃO
Área Conhecimento  
  EDUCAÇÃO
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2008
Acessos:  
  1,501
Resumo  
  Esta pesquisa se propõe a analisar representações de masculinidade no animê Os Cavaleiros do Zodíaco e as formas pelas quais ele colabora para instituir identidades. O corpus compreende a análise de 23 episódios da série, que narram a infância dos jovens cavaleiros, suas aprendizagens e estratégias de treinamento para se tornarem defensores da deusa Atena. A pesquisa tem como base algumas teorizações dos Estudos Culturais e faz incursões, também, no campo dos Estudos de Gênero. Inicialmente, realizo uma leitura histórica das produções de animação japonesa e, em seguida, uma observação detida dos episódios Os Cavaleiros do Zodíaco. A pesquisa mostrou que os episódios deste animê produzem diferentes representações de masculinidade, posicionando-as de modo a tornar exemplares aquelas que são dotadas de atributos como lealdade, fibra moral, força, resistência à dor, juventude, beleza. As lutas enfrentadas pelos cavaleiros em toda a saga ensinam como se tornar um vencedor, valorizando de modo especial a amizade, o domínio de si e a luta em defesa do bem. Adquirem relevo masculinidades inscritas em corpos viris e musculosos e vividas a partir de relações entre os cavaleiros e destes com os mais velhos, com os mestres e com as mulheres. Analiso os espaços de aprendizagem masculina, bem como os processos de treinamento que, no animê, visam a produzir um tipo especial de força física e moral capaz de forjar uma alma de guerreiro. Trata-se de um artefato que produz e mobiliza determinados significados que colaboram para instituir verdades sobre os sujeitos masculinos e femininos. Nos episódios selecionados para este estudo, as meninas e mulheres ocupam lugar subordinado, tendo suas histórias vinculadas a algum dos cavaleiros e demonstrando afeto, zelo e cuidado por eles. Este animê mostra sua produtividade e atualidade, quando se examinam práticas de inúmeros fãs que, ainda hoje, produzem e fazem circular artefatos diversos inspirados em Os Cavaleiros do Zodíaco: colecionam as sagas em DVD e, freqüentemente, se reúnem para reverem os episódios, disponibilizam episódios para serem copiados gratuitamente na internet, inventam desenham outras histórias inspiradas nesses heróis e as fazem circular na Internet, entre outras. Alguns fãs também participam de encontros de cosplay e admiradores de animês, e se apresentam vestidos como personagens dessa série. O animê movimenta grandes 6 empreendimentos mangás, DVDs, jogos, brinquedos, mochilas, estampas de roupas, fantasias de cavaleiros conferindo visibilidade a identidades constituídas também no consumo.
     
    Baixar arquivo