Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  1.19 MB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  A proposta pedagógica para a educação física escolar nas séries iniciais da rede pública estadual paulista: as manifestações dos professores
Autor:  
  Anoel Fernandes   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  PUC/SP/EDUCAÇÃO: HISTÓRIA, POLÍTICA, SOCIEDADE
Área Conhecimento  
  EDUCAÇÃO
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2009
Acessos:  
  528
Resumo  
  O objetivo deste trabalho foi investigar as manifestações dos professores de Educação Física, atuantes nas séries iniciais do Ensino Fundamental da rede pública estadual paulista, acerca da proposta pedagógica elaborada pela Secretaria da Educação no ano de 2003, quando aconteceu o retorno da atribuição de aulas para o professor especialista em Educação Física e Artes. Esse retorno veio acompanhado de uma proposta a ser implementada pelos professores, que deveriam utilizar o material produzido pela SEESP/ CENP. Buscou-se o entendimento de como, na condição de agentes do processo de ensino, manifestaram-se frente às demandas externas: como receberam e implantaram a tal proposta, os motivos da adesão ou resistência, bem como as modificações efetuadas no momento da aplicação. Foram entrevistados seis professores da DERCO (Diretoria de Ensino da Regional Campinas Oeste), sendo três experientes e três iniciantes na docência em 2003. Para análise dos dados coletados utilizou-se como base autores que tratam das influências que a escola e os professores sofrem das várias estâncias superiores, a saber: Apple e Teitelbaun (1991), Lima (2003), Contreras (2002), Pérez Gómez e Gimeno Sacristán (1998) e Hutmacher (1996) e Gimeno Sacristán (1999), além de autores que discutem a relação entre saberes e prática docentes como Tardif e Raymond (2000) e Tardif (2002). Os resultados encontrados apontam que: 1º) os professores sucumbiram às exigências da racionalidade técnica, indicando que a proposta da CENP auxiliou no planejamento do trabalho, ao mesmo tempo em que se sentiram valorizados, 2º) os professores experientes, quando colocados diante das demandas externas, aderiram à proposta, enquanto os iniciantes, mesmo com a adesão temporária à proposta, indicaram que suas práticas são norteadas por outras abordagens que não a defendida na proposta, 3º) tanto os professores experientes quanto os iniciantes não foram meros reprodutores: conseguiram ressignificar a proposta quando da sua aplicação, 4º) os professores experientes tiveram uma adesão inicial quase total à proposta, especialmente adotando a concepção desenvolvimentista nela presente, enquanto que os iniciantes tenderam à adesão parcial e a adoção de outras concepções da Educação Física.
     
    Baixar arquivo