Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  5,33 MB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  Representação iterativa: um modelo para repositórios digitais
Autor:  
  José Eduardo Santarem Segundo   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  UNESP/MAR/CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO
Área Conhecimento  
  CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO
Nível  
  Doutorado
Ano da Tese  
  2010
Acessos:  
  2.045
Resumo  
  A recuperação da informação tem sido muito discutida e abordada dentro da Ciência da Informação nos últimos anos, principalmente depois da explosão informacional gerada pela Internet. A busca por informação de qualidade e compatível com a necessidade do usuário tem sido tratada como obsessão, atualmente. A utilização da Internet indicou novos modelos de armazenamento de informações, como os repositórios digitais, que têm sido utilizados em ambientes acadêmicos e de pesquisa como principal forma de autoarquivar e, principalmente, de disseminar informação, porém com uma estrutura de informação que sugere melhor descrição dos recursos do que a própria Web e indica uma melhor recuperação da informação nestes ambientes. Os repositórios ainda não estão aptos a recuperar informação de forma semântica e contextualizada. Os novos paradigmas de Internet sugerem utilização dos recursos de Web 2.0 e também de Web 3.0, permitindo, respectivamente, interatividade e também estrutura de informação semântica. Desta forma o objetivo desta pesquisa é melhorar o processo de recuperação da informação, apresentando uma proposta de modelo estrutural no contexto da Web Semântica, abordando o uso de recursos da Web 2.0 e Web 3.0 em repositórios digitais, que permita recuperação semântica da informação, através da construção de uma camada de informação chamada Representação Iterativa. Através do modelo sugerido e proposto ─ Representação Iterativa ─ será possível adequar os repositórios digitais para que utilizem Folksonomia e também vocabulário controlado de domínio, de forma a gerar uma camada de informação iterativa, que possibilite retroalimentação da informação, além de recuperação semântica da informação, através do modelo estrutural desenhado para repositórios. O modelo sugerido resultou na efetivação da tese de que através da Representação Iterativa é possível estabelecer um processo de recuperação semântica da informação em repositórios digitais.
     
    Baixar arquivo