Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  413,96 KB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  Estratégias textuais em Marido e outros contos, de Lídia Jorge
Autor:  
  Ari Francisco de Abreu   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  PUC/MG/LETRAS
Área Conhecimento  
  LETRAS
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2010
Acessos:  
  2.570
Resumo  
  A dissertação procura mostrar que as narrativas de Marido e outros contos; de Lídia Jorge; são perpassadas por uma temática relativa aos conflitos existenciais e à morte física e psicológica; pela incapacidade de leitura das personagens em relação a si mesmas; à sociedade e ao mundo que as cerca; com uma crítica velada e sutil ao regime salazarista. Para fazer a análise observamos como a autora fala de grandes problemas; vendo-os; entretanto; através de seu reflexo e não diretamente; ou seja; fazendo uso de recursos textuais sugestivos; como a ironia. Analisamos assim de que forma elementos como a morte; a religiosidade; a ideologia; a alienação; a relação de poder; a condição feminina; a configuração espácio-temporal; as estratégias textuais (como a leveza e a ironia); manifestam-se nas várias histórias que compõem a coletânea e como essa teia de relações embora o aspecto social funcione aparentemente apenas como pano de fundo e o sentido histórico esteja diluído articula-se na configuração de algo maior: a sociedade portuguesa; que; segundo Lídia Jorge; se constitui de uma elite grandiosa; mas absolutamente indiferente à sorte da maioria.
     
    Baixar arquivo