Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  5.78 MB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  Sistema de apoio à decisão de enfermagem para a realização do exame físico da gestante
Autor:  
  Maura Fortes Braibante Kader   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  UFSC/ENFERMAGEM
Área Conhecimento  
  ENFERMAGEM
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2009
Acessos:  
  333
Resumo  
  Trata-se de um estudo de naturaza quantitativa, semiexperimental, e desenho de grupo equivalente, com o objetivo de desenvolver e avaliar um sistema de apoio à decisão informatizado para suporte à tomada de decisão segura do enfermeiro na realização do exame físico da gestante de baixo risco durante o pré-natal. A população deste estudo foi constituída de 45 enfermeiros atuantes nas unidades locais de saúde do município de Blumenau/SC. A amostra (n) desta pesquisa é de característica não probabilística intencional, pois os enfermeiros foram convidados a participar do estudo, constituindo-se de 19 enfermeiros. Com nível de significância P< 0,05 para um intervalo de confiança de 95%. Respeitaram-se as diretrizes e normas regulamentadoras da Pesquisa envolvendo seres Humanos (Resolução 196/96). A aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos da Universidade Federal de Santa Catarina com parecer nº170/08, e autorização para aplicação da pesquisa no Município de Blumenau com o parecer 015.08. Para o desenvolvimento do Sistema de Apoio à Decisão ao Exame Físico Informatizado (SADEFI) foram adotados os passos definidos por Marakas (2003) e Stead & Lin (2008): Identificação do problema, Identificação dos objetivos e recursos, Análise do sistema, Desing do sistema, Construção do sistema e Aumento da adptação. A metodologia para a construção da base de conhecimento do SADEFI seguiu as regras de produção no estilo SE ... ENTÃO com regras de probabilidade para a melhor decisão e com a possibilidade de inclusão de conectivos lógicos, relacionando aos atributos no escopo da base. Para o SADEFI foi utilizado a ferramenta 9 Zend® para desenvolvimento de aplicativos web em PHP®. As páginas são renderizadas em HTML 4.1® com encode utf-8®. A dinâmica dos escores foi programada em javascript 1.5® para tornar a aplicação mais rápida para o usuário e, ao mesmo tempo, mais leve para o servidor. O banco de dados foi desenvolvido em SQL-ANSI® e roda sobre um servidor de base de dados MySql®. O protocolo para a utilização do SADEFI se deu da seguinte forma: os enfermeiros se reuniram no laboratório de informática, o encontro foi divido em cinco momentos: 1. Esclarecimento sobre a estrutura do SADEFI, 2. Preenchimento do préteste com questões técnicas relacionadas ao acompanhamento pré-natal e investigação dos dados sócio demográficos. Entrega do caso de uma gestante para simular o momento da consulta, 3. Realização do pré-natal utilizando o SADEFI, 4. Preenchimento do pós-teste (com questões idênticas ao pré-teste, exceto os dados sócio demográficos) e 5. Preenchimento do formulário de avaliação do SADEFI. Os enfermeiros consideraram o sistema útil, de fácil entendimento, organizado e mostraram-se satisfeitos com o sistema. O aproveitamento dos enfermeiros no pré-teste foi uma média de 5,89 acertos e no pós-teste, após a intervenção do SADEFI, foi de 9,10 acertos, evidenciando maior efetividade nos seguintes itens: Diagnóstico da Gestação (sinais de presunção, probabilidade e certeza de gestação), Exame físico geral, Mobilograma e Manobra de Leopold-Zweifel, por considerar a relevância destes temas para o enfermeiro no acompanhamento prénatal, o SADEFI contribuiu satisfatoriamente para o conhecimento do enfermeiro resultando na tomada de decisão segura ao realizar do exame físico da gestante durante o pré-natal de baixo risco e foi um sinalizador de diagnóstico do conhecimento do enfermeiro sobre o exame físico que é a etapa inicial para a sistematização do processo de assistência de enfermagem à gestante de baixo risco.
     
    Baixar arquivo