Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  398.49 KB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  Desafios e tendências para a educação gerencial em ambientes de negócios sustentáveis: um estudo de caso em uma escola de negócios brasileira
Autor:  
  Kátia Cyrlene de Araujo Vasconcelos   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  FUCAPE/ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS
Área Conhecimento  
  ADMINISTRAÇÃO
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2009
Acessos:  
  322
Resumo  
  O objeto de estudo desta dissertação são os desafios e as tendências da educação gerencial em ambiente de negócios sustentáveis. Tem como objetivo geral descrever e analisar como o projeto pedagógico dos programas de educação gerencial de uma escola de negócios brasileira articula a formação de gestores para atuação em ambientes de negócios sustentáveis. A relevância da pesquisa encontra-se no fato de que o tema educação gerencial já é reconhecido, por meio de pesquisas anteriores, como condição primordial para o desenvolvimento de competências que assegurem a sobrevivência empresarial. Logo, pesquisar o projeto pedagógico de educação gerencial de uma escola de negócios, sob a perspectiva de formação para atuação em ambientes de negócios sustentáveis, justifica-se: (1) pela possibilidade de contribuir com a ampliação de estudos sobre o tema sustentabilidade e educação gerencial, (2) ampliar esta discussão dentro da academia e dos centros de formação gerencial de forma que sustentabilidade possa ser entendida de maneira transversal e não como uma disciplina isolada, e (3) contribuir para o aprimoramento de estudos sobre a educação gerencial e da estruturação de projetos pedagógicos menos convencionais e instrumentais e mais integradores e reflexivos. Trata-se de uma pesquisa empírica com abordagem qualitativa, realizada por meio de entrevistas semi-estruturadas com profissionais do corpo diretivo e técnico de uma escola de negócios brasileira. Os resultados mostram que há esforços significativos por parte desta escola para articular projetos pedagógicos com base em pressupostos de uma educação para a sustentabilidade. Entretanto, as escolas podem viver situações paradoxais ao buscar atender as demandas de um mundo corporativo que ainda insiste em práticas gerenciais que já não são mais suficientes para o modelo de negócios em ambientes sustentáveis.
     
    Baixar arquivo