Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  886.16 KB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  YRBS-C: tradução, adaptação transcultural e propriedades psicométricas
Autor:  
  Márcio Teixeira   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  UEL/EDUCAÇÃO FÍSICA - UEL - UEM
Área Conhecimento  
  EDUCAÇÃO FÍSICA
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2009
Acessos:  
  191
Resumo  
  Os objetivos do estudo foram traduzir para o idioma português, realizar a adaptação transcultural e identificar as propriedades psicométricas do questionário Youth Risk Behavior Survey - College (YRBS-C). Dois especialistas bilíngües fizeram a tradução da versão original do YRBS-C para o idioma português de maneira independente, que após análise resultaram em uma versão de consenso. A seguir, dois tradutores do idioma inglês nativo e bilíngües ficaram encarregados da retrotradução. Um comitê de juízes foi formado para analisar as versões do questionário. O comitê utilizou como critério de análise as equivalências semântica, idiomática, cultural e conceitual. Para identificação das propriedades psicométricas a versão final do questionário YRBS-C traduzido para o idioma português foi administrado em uma amostra de 392 universitários de ambos os gêneros em duas ocasiões com intervalo de duas semanas. Foram calculados o índice de concordância kappa e as taxas de prevalência de cada comportamento de risco nas réplicas de aplicação. Após discretas modificações apontadas nos processos de tradução, o comitê de juízes considerou que a versão para o idioma português do YRBS-C apresenta equivalências semântica, idiomática, cultural e conceitual. A identificação de 65,8% dos itens com índice de concordância kappa elevada, o valor médio desse índice em 84,3% e a diferença significativa entre as taxas de prevalências de ambas as aplicações em 8% dos itens indicaram a qualidade das propriedades psicométricas do YRBS-C traduzido para o idioma português. Como conclusão, a tradução, a adaptação transcultural e as qualidades psicométricas do questionário YRBS-C foram satisfatórias, podendo ser recomendado sua aplicação em estudos epidemiológicos realizados no Brasil.
     
    Baixar arquivo