Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  7,72 MB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  As Marias de Albrecht Dürer (1471-1528): práticas de devoção, práticas artísticas e o humanismo cristão em Nuremberg
Autor:  
  Rachel Jaccoud Ribeiro Amaro   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  UFRJ/HISTÓRIA SOCIAL
Área Conhecimento  
  HISTÓRIA
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2010
Acessos:  
  475
Resumo  
  O presente trabalho propõe o desenvolvimento de um estudo de caso que busca analisar as representações da Virgem Maria com o seu Filho, produzidas pelo gravador germânico Albrecht Dürer (1471-1528), tendo em vista seu envolvimento com os círculos humanistas de Nuremberg e as subsequentes adesões dos cidadãos da cidade à Reforma Protestante. São mais de oitenta imagens dentre pinturas, desenhos e gravuras. Diante de tantas representações, para uma análise cuidadosa, esta dissertação se dedicará especialmente ao estudo das treze gravuras em cobre, produzidas entre os anos de 1497 e 1520. Dessas, quatro encontram-se na Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro. Em um período muito marcado pelo Humanismo e pelo Renascimento, Dürer foi considerado o maior dos gravadores germânicos e um grande artista ainda em vida. Seus trabalhos, de temáticas e técnicas variadas, circularam por toda a Europa e agradaram um grande número de pessoas e diversos grupos sociais. A partir de 1516, Dürer participou do grupo Sodalitas Staupitziana, que estudava a Bíblia, panfletos e sermões de Lutero. Seus participantes foram os principais responsáveis pela adesão de Nuremberg à Reforma, em 1521. Apesar disso e da diminuição de produção de suas gravuras religiosas – que representam a maior parte de sua obra –, o gravador continuou a executar Marias ao longo de toda a sua vida produtiva. A permanente produção de imagens com representações da Virgem Maria e seu Filho evidenciaria uma contradição entre a produção de Albrecht Dürer e sua participação nas discussões reformadoras de Nuremberg? Foi a partir dessa indagação que a proposta de pesquisa exposta nesse projeto começou a se configurar. A partir de um diálogo constante entre a História da Cultura e a História da Arte, o objetivo principal desta pesquisa será investigar que práticas culturais – especialmente práticas devocionais e artísticas – levaram Albrecht Dürer a priorizar em seu trabalho a produção de imagens com o tema Maria com a Criança.
     
    Baixar arquivo