Portal Domínio Público - Biblioteca digital desenvolvida em software livre  
Missão
Política do Acervo
Estatísticas
Fale Conosco
Quero Colaborar
Ajuda
 
 
Tipo de Mídia: Texto
Formato:  .pdf
Tamanho:  26.02 MB
     
  Detalhe da ibra
Pesquisa Básica
Pesquisa por Conteúdo
Pesquisa por Nome do Autor
Pesquisa por Periodicos CAPES
 
     
 
Título:  
  Batalha: concepções e perspectivas de professores dentro de um projeto de educação ambiental empresarial
Autor:  
  Fabiana Goulart Rocha   Listar as obras deste autor
Categoria:  
  Teses e Dissertações
Idioma:  
  Português
Instituição:/Parceiro  
  [cp] Programas de Pós-graduação da CAPES   Ir para a página desta Instituição
Instituição:/Programa  
  UNESA/EDUCAÇÃO
Área Conhecimento  
  EDUCAÇÃO
Nível  
  Mestrado
Ano da Tese  
  2009
Acessos:  
  334
Resumo  
  RESUMO Esta pesquisa intitulada BATALHA: Concepções e Perspectivas de Professores Dentro de um Projeto de Educação Ambiental Empresarial, teve o objetivo de apreender as concepções que participantes do Ciclo de Formação e Capacitação de Professores em Educação Ambiental possuíam sobre Meio Ambiente, Educação Ambiental e Desenvolvimento Sustentável. Este curso oferecido pela empresa Furnas Centrais Elétricas S/A no município de Cristalina é parte das exigências legais junto ao IBAMA no licenciamento para a construção e funcionamento da AHE BATALHA no rio São Marcos, localizado na divisa dos municípios de Cristalina e Paracatu. Para apreender essas concepções pesquisamos junto a estes profissionais sua formação, suas concepções, suas perspectivas através do discurso sobre o que buscam no curso e também no modo de trabalhar a temática ambiental em suas práticas escolares. Observamos que a multiplicação dos conhecimentos e conceitos, são ancorados em suas próprias concepções e apresentam antagonismos dentro das diversas matrizes que ancoram Desenvolvimento Sustentável, Meio Ambiente e Educação Ambiental em pradigmas reprodutivistas ou crítico. Salientamos aqui que o reprodutivismo perpetua os conceitos sem relacionar os problemas ambientais a fatores decorrentes da articulação entre homem, ambiente e sociedade, enquanto as práticas baseadas na teoria crítica observa a relação entre esses fatores e busca mudanças através da mobilização social. Esta investigação ancorou-se no paradigma da Teoria Crítica sob a qual buscamos compreender e transformar a realidade marcada pela degradação ambiental, desigualdade e exclusão social. Para alcançar os objetivos propostos foi adotada a seguinte metodologia coleta de dados, análise de documentos, aplicação de questionários a 25 participantes do Curso de capacitação de Educadores Ambientais, observação desses professores durante o curso e da comunidade escolar durante festa Junina realizada em escola rural. Observamos ainda os trabalhos expostos sobre o tema desenvolvidos junto aos alunos que em sua prática cotidiana, contribui para a formar opiniões e valores. Os resultados da pesquisa apontam que embora estejam voltados para um objetivo comum, como a preservação do ambiente e da qualidade de vida local, estes apresentam concepções diferentes e desalinhadas desses objetivos demonstradas pela pouca crítica e reflexão sobre a dinâmica na temática ambiental, que propaga-se de professor à aluno, de forma acrítica. Num processo onde a comunidade não se vê como parte do ambiente e busca melhorias através da preservação ambiental considerando apenas os fatores físicos que degradam o ambiente dissociando-os dos fatores sociais, políticos e econômicos, além da atuação dos outros atores
     
    Baixar arquivo